Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GIBA UM

“Só Deus sabe o que eu já passei dentro desta sala, não queiram minha cadeira. Com todo respeito, não sou super-homem, mas não é para qualquer um”

Do presidente JAIR BOLSONARO, referindo-se ao gabinete presidencial
08/09/2020 05:00 - Giba Um


“Só Deus sabe o que eu já passei dentro desta sala, não queiram minha cadeira. Com todo respeito, não sou super-homem, mas não é para qualquer um”,  
de JAIR BOLSONARO // referindo-se ao gabinete presidencial.

A rede de lojas Havan (150 mega unidades e 250 mil itens) já avisou que sua meta é ser avaliada em R$ 100 bilhões. Apenas uma varejista vale mais do que isso em bolsa, o Magazine Luiza, com R$ 153 bilhões.  

Mais: a Lojas Americanas vale R$ 57 bilhões, a Via Varejo, R$ 33 bilhões. São operações diferentes, mas a Havan, de certa forma, acaba concorrendo com todas. O problema é a polêmica personalidade do dono, Luciano Hang

 
 

Enchendo o cofrinho

Há quase um ano fora da TV, desde que interpretou Vivi Guedes em A dona do pedaço, Paolla Oliveira aparece mais uma vez na campanha da Nayane Lingerie, mostrando sua excelente forma e explica o segredo. 

"Já fiz de tudo. Dieta do sol, da lua, das estrelas, comer um único alimento, jejum... De tudo. Mas o que aprendi com isso é que o que serve para mim não serve para você. Temos que aprender a nos conhecer. Algumas coisas são clichê, mas reais como evitar o açúcar e gordura”.  

Ainda fala para ela qual é o melhor tipo de peças íntimas: “A lingerie é, mais do que tudo, um momento de intimidade e estado de espírito. Ela faz eu me sentir confortável, linda e sexy. Na hora de escolher uma peça, busco qualidade, delicadeza no tecido e estilo”. 

No próximo dia 21 os admiradores poderão matar saudades da atriz na reexibição da novela A força do querer onde interpreta a policial que sonha em ser lutadora de MMA Jeiza.

Custo Brasil

Grandes operadores portuários do país estão se movimentando para que as prefeituras não cobrem IPTU em áreas onde já estão instalados terminais. 

A ameaça do custo adicional veio com a decisão do STF favorável à taxação. A alegação dos operadores é que a cobrança vai impactar o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos e, alguns casos, poderá levar até mesmo à devolução de licenças. 

O setor portuário tem dois grandes aliados: tanto o ministro Tarcísio Freitas quanto a Antaq são contrárias à taxação. 

Freitas quer negociar uma saída com os prefeitos e uma das possibilidades seria a adoção de um tempo de carência para a cobrança do IPTU permitindo aos operadores portuários adequarem sua estrutura de custos. 

 
 

É difícil crescer em Hollywood

Em meio a luta para sair da tutela do pai Jamie Spears, desde 2008 por apresentar um descontrole mental Britney Spears, 38 anos, foi a suas redes sociais para fazer um desabafo. 

“Crescer em Hollywood é difícil!! É tudo sobre a sua imagem e a imprensa pode ser muito maldosa. “Por que ela parece tão velha?”, “Por que ela parece tão jovem?”, “por que ela está tão grande?”, “Por que ela está tão magra?” Como Selena Gomez diz: O mundo pode ser um lugar nojento, mate-os com bondade...”. 

E completou: “Pela primeira vez na minha vida estou postando sem um monte de maquiagem! Essas imagens mostram um pouco mais meu rosto, o que é muito assustador para mim”.

Sucessão

Rodrigo Maia terá mais a ganhar se for capaz de desamarrar o nó de sua sucessão. 

A aproximação do ex-presidente Michel Temer com Bolsonaro pode amaciar o caminho do deputado Baleia Rossi (MBD-SP), mas atravanca o jogo do partido que hoje mais postulantes tem no Senado. 

Nenhuma legenda parece capaz de repetir o feito do DEM de acumular a presidência das duas casas. A opção pelo deputado Aguinaldo Maia (PP-PB) sobre o senado para o MDB, mas esbarra na candidatura de Arthur Lira (PP-AL), mais próximo ao Planalto. 

Ultrapassada a sucessão das mesas, a eventual vacância do governo do Rio aparece como uma saída para Maia.

In – Vestuário feminino: candy colors
Out – Vestuário feminino: cores fluorescentes

 
 

Escapou

Dilma Rousseff lembra hoje, com orgulho, ter rechaçado em 2014, proposta do então presidente do Paraguai, Horácio Cartes, para construção de uma nova ponte entre os dois países e de três hidrelétricas bilaterais. 

Nas conversas, representantes do presidente paraguaio chegaram a indicar empreiteiras aptas a cuidar da obra. A julgar pelas acusações que hoje pesam sobre Cartes, apontado como sócio do doleiro Dario Messer, Dilma escapou de uma “lava jatinho”.

Tempo perdido

Analistas de plantão acham que se a reforma fosse feita há 20 anos atrás, ajudaria na situação que estamos agora. Mas esse tempo foi perdido, não dá para se dar ao luxo de esperar outros 20 anos para colher os efeitos. 

Ao mesmo tempo em que as possíveis medidas de ajuste terão efeito apenas no longo prazo, há outras fontes de pressão de gastos já contratadas, como o novo Fundeb, que vai levar ao aumento de gastos com salários e aposentadorias de professores por muitos anos. 

A situação dos Estados está longe de ser equacionada de forma estrutural.

COSMÉTICA

Nisso a reforma de Rodrigo Maia não mexe. Com 513 deputados e 81 senadores, cada um custando US$ 7,4 milhões (R$ 39 milhões) ao ano, o Brasil tem o segundo parlamento mais caro do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e chega a ser 20,5 vezes mais caro do que o do Reino Unido. 

O Congresso brasileiro é sete vezes mais caro do que o da Alemanha, com 778 parlamentares. E custa o quádruplo do argentino.  

Couro duro

Quando anunciou que mandaria a proposta (PEC) de emenda constitucional sobre a reforma administrativa, na semana passada, Bolsonaro ficou emocionado, com a voz embargada, dizendo que sofreu muito na cadeira presidencial. 

“Tem que estar preparado psicologicamente, ter couro duro e ver como alguns zombam da nossa nação. Se tivesse uma filmadora ou um microfone ali dentro, daria várias horas de um capítulo que mudaria o destino da nação”. 

E encerrou dizendo que “quer ser lembrado e deixar história onde se possa ver que valeu a pena”.

VAI BEM

Um levantamento feito pela Paraná Pesquisas em Curitiba reduto da Lava Jato e supostamente de Sérgio Moro, ex-ministro da Saúde, mostrou que a imagem do presidente Jair Bolsonaro, mesmo após o estranhamento com o ex-juiz vai bem. 

59,8% dos entrevistados aprovam a administração de Jair Bolsonaro, 35,8% desaprovam e 4,5% não souberam ou não quiseram opinar.

Aprovados

Ainda sobre o levantamento da Paraná Pesquisas: a pesquisa também quis saber como estavam sendo avaliadas as administração estadual e municipal e ambas se deram bem. 

Ratinho Junior, governador do Paraná tem sua administração aprovada por 76,1% dos entrevistados, desaprovada por 18,9% e 5% não souberam e não quiseram opinar. 

Já Rafael Greca, prefeito de Curitiba, tem aprovação de 71,3%, desaprovação de 25,1 e 3,6% não quiseram ou não souberam responder.

Adulteras

Nunca se passou tanto tempo ao lado da família e parceiro como agora, por imposição do isolamento social. e isso tem dois lados: ou a família se mostra realmente unida ou resultado é divórcio. 

Mas a pandemia também trouxe um novo problema: o relacionamento extraconjugais virtuais, ou seja, mais pessoas estão procurando novo romance ou encontros virtuais. 

A Ashley Madison, plataforma líder em relacionamentos extraconjugais,  fez um levantamento para saber quais são as cidades mais  adulteras baseando no número de novos inscritos na plataforma. 

Em primeiro lugar ficou Brasília (DF), seguido por Manaus (AM) e completando o pódio São Paulo(SP).

MEA CULPA

A atriz e humorista Monica Iozzi em entrevista ao programa Conversa com Bial, assumiu mea culpa por Jair Bolsonaro ter chegado ao Planalto. Tudo porque no início de sua carreira em 2009 como repórter do programa CQC  atuava no Congresso e o presidente foi muito ouvido.

“Bolsonaro foi muito mais inteligente do que eu. Ele sabia que podia se utilizar da oportunidade que o programa proporcionava para espalhar o seu discurso. Ele ainda não era um cara muito conhecido, então para ele era bom. Quem mais deu voz a Jair foi o CQC, a gente não pode se eximir dessa culpa e, sim, eu me arrependo de ter falado com ele tantas vezes”.

MISTURA FINA

  • OU é o Renda Brasil ou é o teto dos gastos da forma atual. Para especialistas em contas públicas, não há espaço para conseguir R$ 30 bilhões a R$ 40 bilhões extras para colocar de pé um programa social no formato desejado pelo presidente, ainda mais depois dele ter vetado a extinção dos benefícios já existentes, como o abono salarial que custa R$ 20 bilhões ao ano e é considerado ineficiente para a equipe econômica.
  • O MOTIVO pessoal que levou Deltan Dallagnol a deixar a Lava Jato é um problema recente descoberto na filha do procurador. Ele conta que descobriu a situação, embora ainda não tenha um diagnóstico. A menina, de um ano e 10 meses, começou a apresentar “sinais de regressão no seu desenvolvimento”, como deixar de falar palavras que já conhecia e não olhar mais para quem a chamava.
  • A IDEIA do secretário Mário Frias, da Cultura, a pasta está se preparando para um festival e um prêmio para filmes religiosos no Brasil. À propósito: as relações entre Mário Frias e a nº 2 da pasta, a advogada Andrea Abrão Paes Leme não tem sido das mais agradáveis.  
  • A REFORMA administrativa proposta pelo governo é considerada modesta e alheia à necessidade de equilibrar despesas. Não mexe em privilégios e regalias. Assim, o Brasil que gasta 13,7% do PIB com pagamento pessoal, vai continuar assim até que todos os servidores deixem de receber os penduricalhos pornográficos pagos pelo contribuinte.  
  • RODRIGO Maia, presidente da Câmara, disse que não conversará mais com Paulo Guedes, ministro da Economia. Avisou também que os assuntos só serão tratados com Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria do Governo. Segundo Maia, Guedes proibiu os diálogo de sua equipe econômica com ele.  
  • O EX-deputado e presidente nacional do PTB Roberto Jefferson, foi condenado pelo juiz Renato Acácio de Azevedo Borsanelli, da 2ª Vara Cível de São Paulo a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais ao ministro do STF, Alexandre de Moraes.  Mores moveu ação após Jefferson acusá-lo de ser advogado do PCC antes de ser nomeado ministro. A defesa do ex-deputado vai recorrer a decisão, é claro.

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...