Clique aqui e veja as últimas notícias!

SEM AULAS

Crise também chegou ao transporte escolar rural de Mato Grosso do Sul

Estado tem 230 empresas que trabalham com esse tipo de transporte
02/06/2020 13:22 - Bruna Aquino


Com a pandemia do novo coronavírus e consequentemente sem aulas presenciais, a crise também chegou ao transporte rural que atualmente acredita que assim como o transporte privado, as empresas deste ramo estão a beira da falência em Mato Grosso do Sul. No Estado, trabalham com o transporte rural, 230 empresas com mais de 3 mil trabalhadores em 2,5 mil veículos transportando 45 mil alunos todos os dias, segundo associação de empresários do transporte rural de MS. 

Com o transporte privado a situação também está complicada em Campo Grande. Mesmo com o desconto nos contratos, a crise atual não deixa perspectiva aos trabalhadores devido à incerteza da volta às aulas, segundo informou o presidente do Sindicato dos Transportadores Escolares de Mato Grosso Sul (Sintems), Rodrigo Aranda Armoa. A previsão é que a suspensão conforme decreto municipal termine no dia 30 de junho, mas prazo poderá ser prorrogado se assim definir o Executivo por conta da pandemia.