Clique aqui e veja as últimas notícias!

SAI OU NÃO SAI

Em reunião, Secretaria de Justiça e Segurança Pública cita concurso para contratação legal de peritos criminais

Efetivo da Perícia sofre com defasagem no efetivo há mais de cinco anos
27/10/2020 17:48 - Brenda Machado


Durante uma reunião, que aconteceu na sexta-feira (24), a secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) anunciou que, no próximo ano, Mato Grosso do Sul terá um novo concurso público para a contratação de peritos criminais.

A pauta já havia sido levantada antes pelo Sindicato dos Peritos Oficiais Forenses do estado (Sinpof-MS), que vem reclamando da defasagem no quadro de peritos que até ultrapassa os 65%.

Na reunião também foram abordadas outras demandas da Perícia do estado, como a compra de equipamentos para os institutos, bem como a realização de manutenções preventivas e corretivas.  

Além da aquisição de novas viaturas, computadores e móveis para atender tanto as unidades da capital como do interior.

Segundo informações do Governo, o concurso, para a contratação de servidores, contará com vagas para peritos criminais, peritos papiloscopistas, agentes de Polícia Científica e médicos legistas.

O quantitativo a ser contratado ainda está em estudo.

A discussão aconteceu após o adiamento do julgamento do Mandado de Segurança em desfavor do Processo Seletivo Simplificado para o estado.

A sessão, que estava prevista para o último 19 de outubro, precisou ser adiada após um dos desembargadores, membro da Mesa, pedir vistas, ou seja, mais tempo para analisar a liminar.

Agora, a nova data para a votação está prevista para 14 de dezembro.

Com a prorrogação do julgamento, também foi adiado o prazo para a Sejusp responder à planilha elaborada pelo Sindicato, onde constam novas "regras" para escalas de plantão dos peritos criminais.

De acordo com o documento, o Estado economizaria cerca de 46% com o pagamento de plantões temporários para os servidores já na ativa, em relação às tais novas contratações.

O jornal Correio do Estado tentou contato com a Secretaria para apurar a data prevista para o referido concurso público, mas, até o momento da publicação desta reportagem, não obteve retorno.