Clique aqui e veja as últimas notícias!

FUGA NO CÉU

Piloto interceptado com mais de 500kg de cocaína é ex vice-prefeito de Ponta Porã

Força Aérea Brasileira realizou duas operações no domingo (2) onde encontraram 1 tonelada de cocaína
03/08/2020 13:59 - Gabrielle Tavares


O piloto do avião interceptado pela Força Aérea Brasileira (FAB) no domingo (2), Nélio Alves de Oliveira, de 70 anos, e o copiloto Júlio Cesar Lima Benitez, de 41 anos, foram presos e estão sob custódia da Polícia Federal em Dourados.  

Nélio foi vereador de Ponta Porã no início da década de 80, período em que presidiu a Câmara de Vereadores. Também foi vice-prefeito da cidade, no mandato de Carlos Fróes, eleito em 1988.

O ex-vereador pilotava um avião Baron B 58, que deveria pousar no Aeroporto de Três Lagoas, mas arremeteu quando tocou a pista. Ele foi perseguido por cerca de meia hora e só foi parado em Ivinhema.

De acordo com informações do site Perfil News, piloto e co-piloto fugiram para uma área de preservação ambiental depois do pouso forçado em uma lavoura de cana de açúcar, mas foram localizados por militares.  

A operação contou com quatro caças A-29 Super-Tucano da FAB. Dentro do avião onde tentaram fugir, foram encontrados 510 quilos de cocaína e cloridrato de cocaína.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) postou em uma de suas redes sociais apoio à força tática que atuou na operação. “Missão cumprida. Parabéns PF/FAB”, escreveu.