Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÍTICA & SAÚDE

Delcídio deixa hospital e exalta profissionais de saúde:"heróis"

Ex-senador, com Covid-19 e dengue, ficou três dias internado
25/07/2020 11:45 - Eduardo Miranda


Depois de três dias internado no Hospital Cassems, em Campo Grande, o ex-senador Delcídio Amaral (PTB) teve alta e voltou para casa, conforme ele mesmo publicou em suas redes sociais.  

Delcídio está no 11º dia de diagnóstico positivo para Covid-19, e quando chegou ao hospital, na noite de quarta-feira (22), também foi diagnosticado com dengue.  

O ex-senador procurou o hospital da Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul (Cassems) depois de relatar cansaço e perda de peso.  

Na manhã deste sábado, Delcídio Amaral demonstrou melhoras, e teve alta. Ao deixar o hospital, agradeceu os profissionais da saúde, aos quais chamou de “heróis”.  

“Agradeço também, de coração, a todos que torceram por mim enviando boas energias nas mensagens e orações pelo meu restabelecimento.

Minha solidariedade, em especial, às mais de 85.000 famílias que choram pela perda dos seus entes queridos”, disse Delcídio.

Veja parte da publicação do ex-senador:

 

“Voltando pra casa e ficar com a minha família mas continuando o tratamento e os cuidados necessários, com paciência.

Como diz o Papa Francisco num post hoje: “O verdadeiro peregrino é capaz de ir no ritmo da pessoa mais lenta. E Jesus é capaz disso. Jesus é nosso companheiro de peregrinação. Não acelera o ritmo, respeita a nossa situação. É o Senhor da paciência”.

Ouvi de um amigo que também passou pela covid-19: “É como andar a cavalo! Se quiser chegar, tem que ir devagar”

Cuidem-se e fiquem com Deus!”

 

ABSOLVIDO

Desde que teve seu mandato de senador cassado, em 2016, Delcídio retomou as atividades em suas empresas e propriedades rurais da família. O ex-senador também tentou voltar ao Senado em 2018, concorrendo pelo PTC, mas não conseguiu eleger-se.

No ano passado, filiou-se ao PTB, e desde então, mantém mistério sobre sua participação nas eleições deste ano, ou na de 2022.  

Também em 2019, Delcídio Amaral foi absolvido, por falta de provas, da acusação de tentar atrapalhar as delações de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras. Foram estas acusações, que levaram à cassação de seu mandato no Senado.

 
 

Felpuda


Falatório e atitude de membro da família acenderam a luz vermelha no “QG” de candidato, pois poderão causar muitos estragos. 

A tropa de choque de defensores do candidato a prefeito já foi colocada em campo e só falta falar que os genes de ambos são diferentes. 

E com relação ao dito-cujo, sabe-se que deverá ser orientado a “baixar a bola” nos próximos dias, mais precisamente até o término da campanha eleitoral.

Afinal...