Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ELEIÇÕES

Atual prefeito, Marcelo Iunes lidera corrida pela prefeitura de Corumbá

Pré-candidato à reeleição, prefeito tinha 43,27% das intenções de votos em maio e agora tem 40,03%
10/08/2020 08:00 - Yarima Mecchi


Ainda líder na pesquisa de intensão de votos estimulada, o atual prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes (PSDB), perdeu pontos porcentuais, conforme sondagem realizada pelo Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul (Ipems) entre os dias 5 e 8. 

Ao todo foram entrevistadas 300 pessoas. Comparando com levantamento feito em maio deste ano, o tucano tinha 43,27% das intenções de votos e agora soma 40,03% do eleitorado.

Além de Iunes, o seu principal adversário pela administração da Cidade Branca, Paulo Duarte (MDB), também teve queda comparando os dados de maio: a preferência de 24,75% caiu para 20,34%. 

Com a baixa, o emedebista está empatado tecnicamente com o candidato do PSD, vereador Dr. Gabriel, que teve um aumento de destaque, saindo de 14,68% para 19,78%. A pesquisa tem uma margem de erro de 5,66%.  

Iunes era vice do prefeito eleito Ruiter Cunha (PSDB), que faleceu em novembro de 2017 por conta de cirurgia cardíaca, após ser encaminhado emergencialmente para a Capital por causa de uma dissecção aguda da aorta. 

O então vice-prefeito foi eleito pelo PTB e agora segue com os tucanos. Paulo Duarte comandou a cidade entre 2013 e 2016. Eleito pelo PT, o político tentou a reeleição pelo PDT, mas não obteve sucesso.  

A pesquisa do Ipems, registrada pelo número MS 09212/2020, contou com entrevistas de 300 pessoas e tem como objetivo levantar entre os eleitores da área de estudo opiniões relacionadas às eleições 2020, que serão realizadas no dia 15 de novembro.  

Também foram apresentados aos votantes o candidato Elano de Almeida. 

Essa é quarta vez que Elano tenta administrar a Cidade Branca. Ele também teve um aumento na preferência dos corumbaenses, saindo de 6,92% para 7,94%.  

O nome da ex-diretora da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Lígia Baruki, também foi colocado como opção de votos e escolhido por 3,64% dos entrevistados. Não sabem, não responderam, brancos e nulos somaram 8,27%.

 
 

Administração

Além das intenções de voto para o pleito de novembro, os entrevistados também foram questionados sobre a administração do atual prefeito, Marcelo Iunes. 

Das 300 pessoas que responderam, 53,26% consideraram a gestão ótima ou boa; 29,72% regular com aprovação; 12,54% ruim ou péssima; e 4,48% regular, mas desaprovaram. 

A pesquisa tem um grau de confiança de 95%.  

Coronavírus  

O levantamento apontou ainda que 71,40% dos questionados tem medo do novo coronavírus (Covid-19), 28,25% não e 0,35% não souberam opinar.  

As medidas de prevenção contra a disseminação do vírus tomadas pela administração municipal foram aprovadas por 90,39% dos entrevistados, 8,28% são contra e 1,33% não souberam opinar. 

Por meio do Decreto 2.288 do dia 17 de abril, a prefeitura determinou quarentena de sete dias para os viajantes que chegam na cidade, mesmo sem sintomas da doença.

Ao serem questionados sobre o que mais dá medo entre a população, a Covid-19 ou o desemprego, 58,80% afirmaram que é a doença, enquanto 41,20% se preocupam mais em perder sua fonte de renda.  

Eleições

As eleições municipais de 2020 estão previstas para serem realizadas no dia 15 de novembro. Antes, o pleito estava marcado para 4 de outubro, mas, por conta da pandemia do novo coronavírus, foi adiado.  

 

Felpuda


Comentários ouvidos pela “rádio peão”, em ondas curtas, são de que figurinha só ganharia apoio dos colegas caso pessoa agregada fosse “curtir a aposentadoria” de uma vez por todas. Como seu acordo político acabou naufragando nesta campanha, agora dito-cujo estaria querendo recuar e não ceder o lugar. 

Isso até poderia acontecer, se não fosse a sua, digamos, eminência parda. Afe!