Tecnologia

TECNOLOGIA

Saiba como reconhecer um smartphone falso à venda na web

Saiba como reconhecer um smartphone falso à venda na web

Continue lendo...

Vai comprar um smartphone pela internet? Fique atento! Smartphones são hoje um dos produtos mais procurados por consumidores na web, e a pirataria se aproveita disso para vender falsificados.

Alguns clientes caem nessas frias porque, geralmente, os preços são muito mais baixos do que os valores de itens originais - e pode ser muito tentador comprar um “mesmo” produto por menos da metade do preço.

No fim das contas, é aquela velha frase que estamos acostumados a ouvir: o barato sai caro. Objetos falsificados não são fabricados dentro das mesmas condições, e, em caso de defeito, o comprador não poderá recorrer à assistência técnica da marca original do produto.

Para não cair em ciladas, confira nossas dicas para identificar um smartphone falso à venda pela internet:

1- Desconfie de preços muito baixos
Aparelhos falsos são fabricados com peças baratas e de baixa qualidade, por isso podem ser vendidos a um preço inferior ao de um produto original. Se você se deparar com uma mercadoria que custa metade do preço, desconfie.

Nesse caso, leia atentamente as características do produto, ligue para a central de atendimento (a empresa é obrigada a oferecer dados para contato; se nem isso aparecer no site, fique ainda mais atento) para tirar dúvidas e questione a origem do produto.

2 - Confira o selo da Anatel
Assim que você receber a encomenda e abrir a embalagem, confira se o aparelho possui o selo de certificação da Anatel.

As fabricantes de celulares precisam submeter seus dispositivos à homologação da Anatel antes de fabricá-los. O smartphone deverá apresentar atrás de sua bateria ou no manual do usuário um selo com o logotipo da Anatel.

3 - Verifique detalhes da aparência dos telefones
Alguns produtos falsificados podem ser bem parecidos com os originais. Falsificadores podem imitar até mesmo detalhes dos aparelhos.

Mas ao comparar com mais atenção, você poderá identificar diferenças entre um produto original e um falso. A localização dos botões, por exemplo, tamanho ou formato do smartphone, e o traço do nome da marca são detalhes para prestar atenção.

4 - Compare as especificações técnicas
Nos sites de vendas de aparelhos é possível encontrar as especificações técnicas do produto, como disponibilidade de cores, capacidade de memória, quantidade de megapixels da câmera, qualidade da tela e sistema operacional.

Compare essas informações com as especificações disponíveis nos sites oficiais das fabricantes. Qualquer diferença pode indicar que o smartphone é falsificado.

5 - Exija garantia e nota fiscal do aparelho
Celulares falsificados geralmente não oferecem garantia ou assistência técnica especializada. Lembre-se de exigir esses dois serviços. Se o fornecedor informar que não disponibiliza garantia ou suporte ao cliente, desconfie. Também é importante exigir nota fiscal no momento da compra.

6 - Confira o número IMEI
IMEI é o número internacional de identificação do aparelho (Identificação Internacional de Equipamento Móvel, na sigla em inglês). Todo produto original tem um número de série para cadastrá-lo junto às operadoras.

O número IMEI fica na embalagem do produto, sob a bateria. Você também pode checar o IMEI ao pressionar *#06# no telefone. Antes de fazer a compra pela internet, solicite ao vendedor que lhe passe o número IMEI do telefone. Modelos falsificados não têm um número IMEI ou usam um falso.

Nostalgia

Nokia relança celular 'Tijolão' no seu 25º Aniversário

Brasil é um dos principais mercados para os 'dumbphones'

16/05/2024 15h25

Divulgação Nokia 3210

Divulgação Nokia 3210 Reprodução

Continue Lendo...

Com o ressurgimento da moda e da cultura dos anos 2000, a HMD Global decidiu trazer de volta o icônico Nokia 3210, marcando 25 anos desde seu lançamento original. Este relançamento não é apenas uma jogada de marketing; é um aceno para uma era menos conectada e potencialmente mais simples.

Renascimento dos Dumbphones:

A HMD Global está capitalizando sobre uma crescente insatisfação com os smartphones atuais e as complexidades das redes sociais. Ao reintroduzir o Nokia 3210, a empresa aposta em um retorno aos chamados 'dumbphones' - dispositivos simples que focam em durabilidade, manutenção fácil e longa vida útil da bateria.

O que é Dumbphones?

"Dumbphones" são celulares que possuem funcionalidades básicas em comparação aos smartphones modernos. Eles são projetados principalmente para fazer chamadas e enviar mensagens de texto, embora alguns modelos possam oferecer funcionalidades adicionais como rádio FM, lanternas, e até uma câmera básica.

Esses aparelhos não têm sistemas operacionais complexos como Android ou iOS, nem acesso a uma vasta gama de aplicativos.

Os dumbphones são valorizados por sua simplicidade, durabilidade e, muitas vezes, por uma bateria de longa duração. Eles são uma escolha popular entre as pessoas que buscam desconectar-se das funcionalidades avançadas e das constantes notificações dos smartphones, ou que precisam de um dispositivo apenas para comunicação básica.

Também são frequentemente utilizados como um segundo telefone para situações onde um smartphone pode ser demasiado valioso ou delicado, como viagens ou atividades ao ar livre.

Nostalgia e Mercado:

A tendência dos telefones nostálgicos ganhou tração com modelos como o Nokia 2660 Flip, apesar das estatísticas do IDC Brasil indicarem uma queda de 19,3% nas vendas desses dispositivos em 2023. A nostalgia dos anos 2000, impulsionada por hashtags como #Y2K no Instagram e TikTok, mostra um interesse renovado pelo passado que a HMD busca explorar.

Características Modernizadas do Nokia 3210:

O novo Nokia 3210 não é uma réplica exata do original. Ele vem equipado com funcionalidades modernas como 4G, Bluetooth, uma câmera de dois megapixels, além de acesso ao WhatsApp, Google Maps e Shorts do YouTube. A longa vida útil da bateria, que pode durar até uma semana, é um destaque, demonstrando a vantagem de seu sistema simplificado.

Disponibilidade e Preços:

O relançado Nokia 3210 já está disponível em alguns mercados europeus, como Reino Unido, Alemanha e França, com preços variando de 74,99 libras a 79,99 euros. Apesar de ainda não estar disponível no Brasil, os modelos europeus são compatíveis para uso no país.

Conclusão:

A estratégia da HMD Global com o Nokia 3210 vai além das vendas. Ela oferece uma oportunidade para os consumidores revisitar uma época onde a conexão humana era mais valorizada que interações virtuais. Este relançamento serve como um lembrete de que, às vezes, menos é mais, especialmente em uma era dominada pela tecnologia.

com informações folhapress!

@@NOTICIAS_RELACIONADAS@

INSTABILIDADE

Instagram está fora do ar hoje (14 de maio)

Usuários relatam instabilidade na plataforma da Meta

14/05/2024 22h11

Instagram

Instagram

Continue Lendo...

O Instagram apresentou instabilidade hoje, principalmente na versão móvel da aplicação, conforme relatos de usuários e monitoramento feito pelo Downdetector.

A queda da rede social começou por volta das 12h, e os problemas mais notificados incluem dificuldades com o login e a atualização do feed. Facebook também sofreu com a instabilidade.

A Meta, empresa que controla ambas as plataformas, já informou que o problema foi corrigido mais tarde no mesmo dia Relatórios de usuários indicam problemas com Instagram na noite desta terça-feira.

Ultima atualização às 22:19 desta terça-feira

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).