MENU

Clique aqui e veja as últimas notícias!

CARNAVAL

Cancelamento do ponto facultativo de Carnaval em Mato Grosso do Sul é certo

O governo acredita que a decisão impedirá o avanço de novos casos pelo estado
28/01/2021 16:51 - Thais Libni


Com a festa adiada, o governo estuda anular o feriado prolongado dos dias 15, 16 e 17 de fevereiro. 

Segundo o secretário de estado de Saúde (SES), Geraldo Resende, o ponto facultativo pode ser cancelado a qualquer momento, como ação para conter o avanço da Covid-19 no Estado.

Últimas Notícias

"Estamos aguardando o pronunciamento do governo que deve acontecer nesta tarde, ou na manhã de sexta-feira (29)", disse o secretário.  

Uma reunião com o governador em exercício, Paulo Corrêa e Geraldo Resende para discutir a decisão aconteceu na última quarta-feira (27), a onde ambas as partes concordaram a ação impedirá novos casos.  

Resende reforçou que devemos agir com consciência neste momento delicado, já tivemos respostas negativas das aglomerações realizadas nas festas de final de ano.  

"O feriado prolongado pode gerar ainda mais casos, as pessoas vão querer viajar, se reunir e isso só piora a situação do estado, estamos caminhando para um fim dessa pandemia, mas para isso precisamos nos cuidar".  

Vacinas

Mato Grosso do Sul já recebeu do Governo Federal três remessas com mais de 190 mil doses de vacinas contra a Covid-19. 

De acordo com o Ministério da Saúde, o Estado é a unidade federativa com melhor desempenho na distribuição dos imunizantes aos municípios, com índice de 86,8%.

Apesar disso, a unidade federativa ainda possui 12.270 casos ativos da doença, sendo 11.752 em isolamento domiciliar, e 518 pacientes internados de acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (27).

Boletim  

Mato Grosso do Sul já tem 159.131 casos confirmados da Covid-19 e 2.871 mortes pela doença, desde o início da pandemia.

De ontem para hoje, foram registrados 791 novos casos e 23 mortes no Estado. Em isolamento domiciliar encontram-se 8.940 doentes. Recuperados totalizam em 146.798.

Há 522 pessoas internadas, sendo 269 em leitos clínicos (180 público; 89 privado) e 253 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (193 público; 60 privado).

Assine o Correio do Estado