Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

BIOSSEGURANÇA

Escolas começam a ser preparadas para o retorno das aulas presenciais

Ano letivo de 2021 está previsto para começar no dia 8 de fevereiro de 2021
20/11/2020 12:59 - Glaucea Vaccari


As escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) começaram a ser preparadas para atender protocolos de biossegurança para o início do ano letivo de 2021, previsto para começar no dia 8 de fevereiro, com aulas presenciais.  

De acordo com a Secretaria Municipal de Ensino (Semed), 94 escolas de ensino fundamental e 12 de Educação Infantil (Emeis) já passam por limpeza e desinfecção, devido a terem recebido seções eleitoras no dia 15 de novembro.

Acompanhe as últimas notícias

Além desta limpeza especial, as unidades escolares realizam higienização regularmente, mesmo sem os alunos, que estão em aulas remotas desde o dia 18 de março.

Plano de biossegurança para o retorno das aulas presenciais, que irá ocorrer apenas no ano letivo de 2021, ainda está em fase de elaboração e prevê, entre outras medidas, a instalação de pias na entrada de algumas escolas para a higienização das mãos.  

Já foram iniciadas a instalação de dispenser de álcool em gel e de sabão em diversos locais das escolas.  

A Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Piratininga é uma onde as adaptações já tiveram início.  

“Estamos criando áreas externas com calçadas, construindo lavatório de mãos na entrada da escola e trocando janelas basculantes por janelas de abrir, para melhorar a ventilação”, comentou a diretora Ana Cristina Dorsa.

A Escola Municipal Professor Nagib Raslan, no Jardim Petrópolis, também passa por mudanças. “Implantei dispensers de álcool em gel, nas entradas das salas, e lixeiras com pedal. A intenção, ainda, é adaptar as pias”, afirmou a diretora Valéria Cristina Pereira.

Para o próximo ano letivo, Semed irá disponibilizar equipamentos às escolas, professores e alunos para complementar as medidas de biossegurança.

Dentre os equipamentos a serem adquiridos, estão os dispensers de álcool em gel e de sabão, avental para uso de professores em sala de aula, face “shield” (máscara de proteção facial), termômetro eletrônico e máscaras confeccionadas em parceria com o Fundo de Apoio a Comunidade (FAC).  

 
 

Felpuda


Comentários ouvidos pela “rádio peão”, em ondas curtas, são de que figurinha só ganharia apoio dos colegas caso pessoa agregada fosse “curtir a aposentadoria” de uma vez por todas. Como seu acordo político acabou naufragando nesta campanha, agora dito-cujo estaria querendo recuar e não ceder o lugar. 

Isso até poderia acontecer, se não fosse a sua, digamos, eminência parda. Afe!