Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EMPREGO E CARREIRA

Mulheres se destacam no mercado de trabalho

Mulheres se destacam no mercado de trabalho
29/12/2013 00:00 - DA REDAÇÃO


A baiana Bárbara Maria de Almeida é uma das profissionais que está à frente da operação do sistema que controla todo o processo de produção de celulose da Eldorado Celulose em Três Lagoas. Produzir 1,5 milhão de toneladas de celulose branqueada por ano exige empenho, tecnologia e uma equipe altamente capacitada. Para isso, a empresa investe constantemente em treinamento e desenvolvimento profissional e isso tem destacado muitos talentos, de acordo com reportagem de hoje (29) do jornal Correio do Estado. Bárbara Maria de Almeida é um destes exemplos. Aos 33 anos a baiana, natural de Porto Seguro, soube que um curso Técnico em Celulose do SENAI – PR seria ministrado em sua cidade. Curiosa, inteligente e perspicaz, após concluir a especialização, a jovem foi selecionada para um estágio, treinada e, desde então, não saiu mais da área. “Não sabia exatamente o que um técnico em celulose faria, mas me interessei pelo curso, gostei e há quase dez anos este é meu mundo”, comenta.

Na Eldorado desde março de 2012, Bárbara assumiu em outubro a função de operadora de Sistema Digital de Controle Distribuído (SCDC). Ela é uma das poucas mulheres no Brasil a operar o sistema que permite o controle do processo de produção de celulose. “Agora sou uma das responsáveis por monitorar e controlar todas as variáveis do processo, utilizando algumas ferramentas de alta tecnologia para atingir os parâmetros de qualidade exigidos pelo mercado, com foco na segurança e mínimo impacto ambiental, contando com o suporte dos operadores de área”, explica a jovem.

A especialista acredita que comprometimento e reponsabilidade são as chaves para mulheres ingressarem em áreas predominantemente masculinas. “No início, existia o receio de não ser aceita no meio e isso gerava certo desconforto. Os paradigmas foram quebrados e aqueles que não estavam acostumados a trabalhar com mulheres entenderam que somos profissionais com a mesma capacidade técnica e produtiva. Atuando com comprometimento e responsabilidade, tenho tranquilidade e segurança no desempenho das minhas funções”, conta. A matéria é assinada por Rosana Siqueira.

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!