Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NOVEMBRO VERDE

Prefeitura institui Dia Municipal da Homeopatia

Celebração ocorrerá no dia 21 de novembro
29/07/2019 09:26 - DA REDAÇÃO


 

O calendário oficial do município de Campo Grande passa a contar com o Dia Municipal da Homeopatia, instituido para ser realizado no dia 21 de novembro. A mudança na Lei n. 6.244, de 26 de julho de 2019, também cria o mês “Novembro Verde”.

As celebrações serão dedicadas ao incentivo da homeopatia. Conforme a lei, proposta na Câmara pelo vereador Dr. Lívio (PSDB), poderão ser desenvolvidas atividades de modo integrado com os poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e sociedade civil, como iluminação de prédios públicos com luzes da cor verde; promoção de palestras e atividades educativas; veiculação de campanha de mídia; e realização de eventos”. A atividades já poderão ser implantadas a partir do próxim mês de novembro.

A homeopatia foi criada no século 19 pelo alemão Samuel Hahnemann.  Conforme o Ministério da Saúde, trata-se de um sistema médico completo, de caráter vitalista (que vê o paciente como um todo, não em partes), com base na “Lei dos Semelhantes”. Esta lei postula que todas as substâncias disponíveis na natureza têm potencial de curar os mesmos sintomas que produzir. 

Por exemplo, se alguém ingerir doses tóxicas de uma determinada substância, apresentará alguns sintomas. Por outro lado, com esta mesma substância preparada homeopaticamente, será possível identificar melhoras durante a terapia.

A homeopatia atua em diversas situações clinicas do adoecimento, como doenças crônicas não-transmissíveis, doenças respiratórias e alérgicas e transtornos pscicossomáticos reduzindo a demanda por intervenções hospitalares emergenciais.

 

Felpuda


Nos bastidores, conversas, ou melhor, quase sussurros, dão conta de que compromisso assumido teria prazo de validade se acontecer a vitória de aliado.

A partir de então, o papo passaria a ser bem, mas bem diferente mesmo, pois, com acordo cumprido, novos objetivos passariam a ser fonte dos desejos, e sem nenhuma moeda de troca.

No caso, não haveria mais sequer um fio de bigode. Tipo, cada um na sua.