Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PORTO MURTINHO E JUTI

Temporal causa alagamentos e destrói posto no sul do Mato Grosso do Sul

Condições do tempo são causadas pela chegada de frente fria que deve fazer da próxima sexta-feira (21) o dia mais frio do ano
19/08/2020 15:29 - Nyelder Rodrigues


Um temporal atingiu a região sul e sudoeste de Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (19), deixando para trás alagamentos e rastros de destruição, com destelhamentos e a queda da estrutura de um posto de combustíveis. As cidades atingidas pela forte chuva acompanhada por ventos foram Porto Murtinho e Juti.  

Durante a madrugada, o vendaval passou por Juti e destelhou casas e estabelecimentos comerciais. A violência do vento foi tamanha que a estrutura de um posto de combustíveis no município, chamado Posto Nova Geração, acabou desabando.

Equipes da Defesa Civil da cidade atuam para contabilizar os estragos e atender às famílias que precisam de auxílio diante da situação. Aproximadamente metade das residências de Juti ficaram sem energia elétrica, segundo a Secretaria de Assistência Social.

 
Estrago em posto de combustíveis em Juti - Reprodução
 

Já em Porto Murtinho, na fronteira com o Paraguai, ruas ficaram alagadas e o local conhecido como 'valetão' transbordou em alguns pontos por causa da forte chuva que chegou na segunda-feira (18) à tarde e segue até hoje.  

Uma das maiores preocupações na cidade é a barragem de contenção do rio Paraguai. Equipes do Corpo de Bombeiros foram destacadas para realizar a checagem da estrutura, não sendo encontrados problemas. A situação está sendo monitorada. Apenas nessa manhã, o registrado na cidade era de 34 mm de chuva.

Conforme alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), toda porção sul e sudoeste do Estado, se aproximando ainda de Corumbá, está sob alerta laranja desde segunda-feira (17) para ocorrência de chuvas que podem chegar a até 100 mm por dia e ventos de até 100 km/h, além de queda de granizo, corte no fornecimento de energia e estragos em plantações.

A situação é causada pela chegada de uma frente fria que chega esta semana ao Mato Grosso do Sul e que deve fazer sexta-feira (21) se tornar o dia mais frio do ano. De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, em Ponta Porã os termômetros vão chegar em 2 °C.

Já no sábado (22), o município vai amanhecer com forte geada. Em todo o Estado, a mínima esperada é de 5 °C e a máxima de 25 °C. Segundo o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec), as condições chuvosas no Estado permanecem até sábado (22).

 
 

Felpuda


Casal de políticos muito conhecido a-do-ra cargos públicos, e, assim, “um puxa o outro” na maratona política, que inclui disputa de mandatos, direção de órgãos e até mesmo nomeações com prerrogativa de não ter de bater ponto. A nova empreitada agora é conquistar uma das prefeituras do interior. Em caso de derrota, é quase certo que os nomes de ambos deverão aparecer no Diário Oficial antes mesmo do fim deste ano.