Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

REDUÇÃO

Área plantada de milho encolhe 12% no Estado

Dados consolidados com mapeamento espacial aponta que 1,895 milhão de hectares foram plantados na segunda safra
15/07/2020 14:35 - Súzan Benites


A produção da segunda safra 2019/2020 teve o segundo reajuste de área. Conforme a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja-MS), com a finalização dos trabalhos de mapeamento realizado pelas equipes técnicas, a área de milho terá redução de 12,79% em relação ao ciclo anterior.

No milho safrinha 2018/2019 a área semeada foi de 2,179 milhões de hectares, para a segunda safra vigente a área consolidada é de 1,895 milhão de hectares. A primeira estimativa já havia sido reduzida, inicialmente a projeção era de 1,977 milhão de hectares que passou para 1,9 milhão de hectares. Os números foram atualizados após a equipe da entidade, por meio do projeto Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga-MS) , observar que o montante plantado foi menor do que o inicialmente previsto.  

“A confirmação da redução de área destinada ao milho de 2ª safra consolidou tendências verificadas desde o início da safra de milho com a redução da janela ideal para semeadura da cultura, em função do atraso do plantio da soja na safra anterior e o risco climático indicado em janeiro de 2020 pela Embrapa, levando produtores a optar pelo plantio de outras culturas de inverno, especialmente milheto, sorgo, feijão, pasto, trigo e aveia”, explicou o presidente da Aprosoja-MS, André Dobashi.

PRODUTIVIDADE

Já a produtividade da safra foi mantida  em 72 sacas por hectare com estimativa de produção de 8,195 milhões de toneladas. Dobashi acrescenta que a produtividade ainda será reavaliada diante da necessidade de acompanhamento da colheita, que ainda está em fase inicial. “Com somente 2,1% colhidos, o equivalente a 40.359 hectares, ainda é muito cedo para indicar a produção estadual, uma vez que se tem observado lavouras com milho em vários estágios e com muita disparidade de quantidade de grãos, o que será um desafio nesta safra”, considerou.

Ainda conforme informações da Aprosoja, as máquinas seguem em campo de forma desacelerada. O clima não deve interferir no desenvolvimento da colheita. De acordo com o Agritempo (Sistema de Monitoramento Agro Meteorológico), a previsão indica que as chuvas alcançarão marca máxima de 5 milímetros.

O preço da saca do milho, no MS, valorizou 3,49% entre 2  e 13 de julho de 2020. O cereal encerrou o período negociado a R$ 38,81. Segundo levantamento realizado pela Granos Corretora, até 13 de julho, o MS já havia comercializado 47% do milho safrinha 2020, avanço de 6 pontos percentuais do índice apresentando no mesmo período em relação à safrinha 2019.

 
 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido