Clique aqui e veja as últimas notícias!

CRESCIMENTO

Produção de grãos deve chegar a 22 milhões de toneladas em Mato Grosso do Sul

Com aumento da produtividade e da área, o Estado será o quinto maior produtor de soja do País
12/10/2020 10:00 - Súzan Benites


Mato Grosso do Sul deve ter uma produção de grãos recorde na safra 2020/2021. 

De acordo com o primeiro levantamento desta safra, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a colheita no próximo ano chegará a 22,051 milhões de toneladas, crescimento de 7,3% ante as 20,548 milhões de toneladas colhidas no ciclo 2019/2020.

Além do crescimento da produção, a área plantada também se destaca. Na próxima safra, a estimativa é de 5,360 milhões de hectares plantados, no ciclo anterior foram 5,029 milhões de hectares, 6,6% a mais.  

Os bons números estão principalmente atrelados à produção da próxima safra de soja. Com menos de 5% do plantio iniciado, a expectativa é de colheita recorde no próximo ano. Dados da Conab apontam que a produtividade da oleaginosa crescerá 7,7%, saindo de 11,362 milhões de toneladas em 2020 para 12,235 milhões de toneladas em 2021.  

A área plantada também será ampliada em 11,1%, chegando a 3,351 milhões de hectares ante os 3,016 milhões de hectares do ciclo passado. Com os resultados, o Estado vai figurar como o quinto maior produtor do País, atrás de Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Goiás.  

Conforme adiantado pelo Correio do Estado, a expectativa é de uma supersafra.  

“A gente tem dados de abertura de áreas de pastagens se transformando em áreas de agricultura, que indicam que teremos novamente um acréscimo na área plantada em cima de áreas degradadas. Temos a previsão climática que é favorável e a adoção de tecnologias e do momento que os grãos vivem no cenário mundial. A expectativa do governo do Estado também é de recorde na safra 2020/2021”, informou o superintendente da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Rogério Beretta.