COLUNA

MotoMais

Confira as dicas e novidades sobre motos
12/02/2020 04:00 - Edmundo Dantas/AutoMotrix


Novatas no pedaço
As Honda CB 650R e CBR 650R 2020 já estão em pré-venda nas concessionárias brasileiras. A CB 650R segue o estilo Neo Sports Café, inaugurado pela CB 1000R, enquanto a CBR 650R se destaca pela maior agressividade. O destaque em ambas é o motor DOHC quatro cilindros em linha, arquitetura cuja linhagem deriva daquela que é considerada a origem de todas as superbikes modernas: a lendária Honda CB 750 Four de 1969. O tetracilíndro DOHC de 16 válvulas e exatos 649 cm3 recebeu alterações que visaram aumentar a entrega de potência em médias rotações. A potência máxima é de 88,4 cavalos à 11.500 rpm e o torque é de 6,13 kgfm a 8 mil rpm. A Honda CB 650R 2020 segue plenamente o conceito trazido pela CB 1000R Neo Sports Café, que mescla design minimalista com a agressividade típica das café racer, fator esse explicitado pela substituição do sufixo “F” pelo “R”, que desde sempre designa as Honda de verdadeira inspiração esportiva. Já a CBR 650R 2020 tem nas formas de sua carenagem uma clara identidade com a superesportiva de referência da Honda, a Fireblade. Além disso, a CBR 650R segue sendo uma sport-touring acessível para usuários de diferentes níveis, satisfazendo desde os mais experientes a novatos que desejam evoluir na pilotagem. A nova família 650 chega às concessionárias de todo o Brasil a partir de março. O preço sugerido para a CB 650R 2020 é de R$ 37.900. Para a CBR 650R 2020, o preço sugerido é de R$ 39.500, ambos com base Estado de São Paulo.

 
 

Mobilidade à indiana
O aplicativo de transporte privado urbano Uber e a locadora de veículos Movida passam a ofertar uma experiência inédita na cidade de Vitória (ES) – corridas por aplicativos em versões elétricas dos veículos típicos de regiões da Índia, os chamados Tuk-Tuk. Segundo as empresas responsáveis, o Tuk-Tuk – uma mistura de charrete com motocicleta – será a opção mais barata para viajar pelo aplicativo na região litorânea da capital. A ideia é reforçar a oferta de mobilidade nestes primeiros meses do ano, quando há aumento da demanda de locomoção na cidade por conta de turistas. Os Tuk-Tuks elétricos Uber/Movida são os únicos do país a circularem por aplicativo. Há também o ganho da mobilidade, uma vez que os Tuk-Tuks são um pouco menores e mais estreitos que os automóveis, trafegando com um pouco mais de facilidade pelo trânsito. “Decidimos trazer as viagens de Tuk-Tuk para a orla de Vitória neste início de ano, quando a região fica mais movimentada. Se locomover de Tuk-Tuk será mais barato do que viajar de carro e trará uma experiência diferente, inédita para os brasileiros. O objetivo é oferecer mais opções na nossa plataforma para que as pessoas escolham neste momento se querem viajar de carro ou de Tuk-Tuk”, avisa Silvia Penna, gerente de operações da Uber no Brasil. Esse tipo de veículo elétrico custa menos que um carro e também promete menos gastos com manutenção. Com capacidade para levar até dois passageiros por viagem, os veículos foram emplacados e seguem a legislação de trânsito brasileira. Já para o motorista interessado em dirigir na plataforma do Uber com um Tuk-Tuk basta ir até uma loja da Movida em Vitória e fazer a solicitação. É necessário ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria A ou AB. Para pedir uma viagem com o Tuk-Tuk, não é necessário baixar nenhum outro aplicativo, basta usar a mesma conta Uber, já utilizada para solicitar viagens de carro, e garantir que o aplicativo esteja atualizado.

 
 

Medo do vírus
A Honda anunciou que duas de suas fábricas de motocicletas na China ficarão fechadas até o dia 9 de fevereiro por conta da epidemia de coronavírus. As duas fábricas têm um volume de produção de cerca de 850 mil motocicletas por ano e juntas representam mais de 40% da produção total da Honda na China. A parada acabou sendo uma extensão das férias previstas junto aos feriados do Ano Novo Chinês, e o agravamento da situação da saúde no país levou a alta administração a estender o período de fechamento. Até o momento, já são cento e trinta e dois mortos, quase seis mil casos de infecção e pouco mais de nove mil casos suspeitos. 

 
 

Dupla bicilíndrica
As Royal Enfield bicilíndricas chegaram às lojas do Brasil. A marca indiana apresentou as novas Continental GT e Interceptor ao público no Salão Duas Rodas 2019, no final do ano passado. Ambas já estavam em pré-venda, mas agora é possível a aquisição direta nas concessionárias. As motocicletas são inspiradas em modelos clássicos da fabricante dos anos 70 e chegam em um momento de expansão da Royal Enfield no Brasil. A fabricante tem previsão de abertura de mais três concessionárias até março, no Rio de Janeiro, em Florianópolis e uma segunda unidade na capital de São Paulo. As duas twins têm estilo “retrô” e recebem conceitos contemporâneos. São equipadas com o motor bicilíndrico de 650 cm³, arrefecido a ar e alimentado por injeção eletrônica, que rende 47 cavalos de potência a 7.100 rpm e tem torque máximo de 5,3 kgfm a 4 mil giros. O câmbio é de 6 velocidades. A Continental GT 650 cc parte de R$ 25.990. Já nas cores Custom e Chrome o modelo custa, respectivamente, R$ 26.990 e R$ 27.990. A Interceptor 650 cc tem preço de R$ 24.990. Para as Custom e Chrome, o valor vai, respectivamente, para R$ 25.990 e R$ 26.990.

 
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".