Clique aqui e veja as últimas notícias!

OBRAS DE MS

Após quase 40 anos desde a inauguração, Parque dos Poderes será revitalizado

Projeto ainda não foi concluído, mas mantém área da reserva preservada
03/12/2020 18:47 - Brenda Machado


Após 38 anos da inauguração do Parque dos Poderes, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul anunciou, que, em breve, o local passará por uma revitalização ampla. A obra tem em vista que o espaço vem se tornando área de lazer para a população campo grandense.

O governador do estado, Reinaldo Azambuja, organizou uma reunião, na manhã desta quinta-feira (03), para apresentar o projeto da obra para síndicos de condomínios, que ficam dentro do complexo, e para grupos de atletas que frequentam o local.

Também participou da reunião, o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Eduardo Riedel.

Os interessados pontuaram algumas questões que serão incluídas no projeto antes da sua conclusão.

Enquanto o planejamento não é finalizado, a lista as alterações pretendidas para o Parque dos Poderes inclui: recapeamento de 110 mil m² de ruas, o que corresponde a todo o perímetro da área, implantação de 4 quilômetros de pista de caminhada e corrida, 4,2 quilômetros de ciclovia no canteiro central, acessibilidade, paisagismo, 70 bancos de descanso, três estações de ginástica, reforma dos estacionamentos e instalação de 41 abrigos nos pontos de ônibus e de lixeiras.

Além da construção de um Centro de Apoio ao Usuário com banheiros masculinos, femininos e adaptado para pessoas com deficiência.

Um dos engenheiros que participam do projeto, Pedro Brandão, da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), destacou que toda a área da mata será preservada durante a obra.

“Inclusive, a ciclovia será feita no canteiro central, aí nós vamos desviar de todas as árvores que já existem lá, pra não precisar derrubar.”, pontuou.

De acordo com o Governo do Estado, o processo licitatório deve ser aberto ainda neste mês de dezembro, sendo que as obras devem começar ainda no primeiro trimestre de 2021. A previsão é de a execução dure cerca de 2 anos.

Durante a reunião de hoje, Azambuja falou reforçou que a preservação ambiental será um dos pontos fortes da revitalização.

“É um parque de todos os sul-mato-grossenses e daqueles que nos visitam também. Idealizamos ouvindo alguns setores e vamos fazer com o menor impacto possível, respeitando o que existe. Será uma nova estrutura que além de embelezar, vai criar uma condição melhor para quem usa aqui para atividade de lazer, entretenimento, confraternização e prática esportiva.”, completou.