Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES 2016

Marquinhos Trad é eleito novo <BR>prefeito de Campo Grande

Candidato havia vencido o 1º turno e estava liderando pesquisas
30/10/2016 17:45 - ALINY MARY DIAS


 

Depois de vencer o 1º turno e liderar praticamente todas as pesquisas neste 2º turno, Marquinhos Trad (PSD) é o novo prefeito de Campo Grande. Ele venceu a adversária Rose Modesto (PSDB) com preferência da maioria dos eleitores campo-grandenses.

Às 17h45 deste domingo (30),  Marquinhos já estava eleito. Todas as urnas foram apuradas às 18h15 e ao todo 241.876 mil eleitores (58,7%) votaram em Marquinhos e outros 169.660 mil (41,23%) em Rose, conforme dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

O total de campo-grandenses que votaram nulo somou 36,7 mil, ou seja, 7,9% do total. Os que se ausentaram das urnas foram 22,2% do total de eleitores e 3% decidiram votar em branco. 

Clique aqui e confira todos os números da apuração de hoje e mais abaixo a comemoração de quem acompanhou a apuração no TRE. 

"(Agradeço) A Deus, às minhas filhas, não tenho raiva (dos concorrentes). Já estendo as mãos para todos eles (governo do Estado). O importante é Campo Grande voltar a ter desenvolvimento. Vou fazer a melhor administração que essa cidade já teve", disse Marquinhos Trad ao conceder entrevista na sede do TRE-MS, em Campo Grande.

A vice, Adriane Lopes (PEN), estava com ele na comemoração e respondeu sobre a pergunta: "do que a população pode esperar dela?". "Muito trabalho, agradecer o campo-grandense pela gratidão, nós não vamos decepcionar", afirmou.

CONHEÇA O NOVO PREFEITO

Filho do deputado federal Nelson Trad e da professora Therezinha Mandetta Trad, Marquinhos é casado, pai de quatro filhas (Andressa, Aline, Mariana e Alice) e nasceu em 28 de agosto de 1964. Formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, tornou-se advogado há mais de 20 anos. Marquinhos já foi conselheiro estadual da OAB/MS e presidente da comissão de ética e disciplina da OAB/MS.

Marquinhos Trad atuou ainda como Diretor do ex-instituto Meritum de Mato Grosso do Sul, Diretor do Departamento Jurídico do Rádio Clube de Campo Grande e Secretario de Assuntos Fundiários do município. Também foi Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul e compôs o corpo docente do curso de Direito da UCDB, Estácio de Sá, FACSUL e titular dos cursos de pós-graduação na Uniderp e Unaes.

Em 2004 Marquinhos Trad se candidatou ao cargo de vereador pela Capital. Foi eleito com 11.045 votos, se tornando o mais votado para a Câmara Municipal daquele ano. Em 2006, mais uma vez se candidatou e foi eleito deputado estadual. Com 35.777 votos, tornou-se o quinto mais votado do Mato Grosso do Sul e o mais votado da capital.

Em 2010, foi mais uma vez eleito para a Assembleia Legislativa. Foram 56.287 votos. O mais votado da história de Mato Grosso do Sul. Em 2014, reeleito Marquinhos alcançou os 47.015 votos.

*Matéria editada às 18h44 para acréscimo de informações. *Colaborou Gabriela Couto.

 

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.