Clique aqui e veja as últimas notícias!

COVID-19

Mato Grosso do Sul tem semana de contaminações similar ao auge da pandemia em julho

Boletim epidemiológico revela 496 casos e seis óbitos nas últimas 24 horas
06/12/2020 12:10 - Rodrigo Almeida


Novos casos de Covid-19 atingem patamar mais alto da pandemia, observados em julho. É o que mostra o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgado na manhã deste domingo (06). 

Gráfico mostra que nessa semana, índices de infecção em Mato Grosso do Sul estão no mesmo nível de julho, quando a doença avançava com força na cidade. 

A alta de novos casos é percebida desde o dia 14 de novembro, véspera das eleições municipais de 1º turno. 

Acompanhe as últimas notícias

São 496 casos cadastrados no sistema até as 19h de sábado. Campo Grande segue como o principal foco com 193 novos casos. Dourados, 64, Corumbá, 46, Naviraí, 33 e São Gabriel do Oeste, 22, vêm em seguida.

O relatório também informou seis novas mortes pela Covid. Cinco delas de residentes da Capital e uma de um residente de Amambai. Desde o início do estado de emergência em março deste ano já morreram 1833 pessoas em Mato Grosso do Sul.

Com 105 mil casos confirmados, somente a Capital registra 48.430 infecções. Como principal epicentro da doença, Campo Grande contribui com 44% dos números de óbitos até aqui.

Ao todo são 806 residentes que faleceram desde então. Corumbá vem em seguida com 177 mortos e Dourados fecha a terceira posição com 125 mortos.

A ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do SUS chega 100% na Macrorregião de Corumbá. A Macrorregião que engloba a Capital também está em situação preocupante com taxa na casa dos 88%.