Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PAÇO MUNICIPAL

Por R$ 552 mil, empresa vai reformar teatro na Capital

Previsão da prefeitura é concluir obras ainda em 2020
21/07/2020 11:34 - Adriel Mattos


A MDP Construção Civil venceu licitação da prefeitura de Campo Grande para reforma do Teatro José Octávio Guizzo, também conhecido como Teatro do Paço. O serviço vai custar R$ 552,3 mil.

O aviso de resultado foi publicado na edição desta terça-feira (21) do Diário Oficial da Capital (Diogrande). A prefeitura havia estimado o valor das obras em R$ 701,2 mil, o que representa economia de 21,23%.

O projeto de reforma contempla revisão e substituição de instalações elétricas, hidráulicas, adequação das escadas e rampas para garantir acessibilidade, novo sistema de refrigeração e instalação de forro, substituição de poltronas e do carpete.  

O anexo do teatro também será reformado, com adequações para se tornar um espaço de múltiplo uso, podendo receber exposições de fotografia, artes plásticas, sediar lançamento literários.

O auditório do teatro, localizado ao lado da prefeitura, tem capacidade para 190 lugares e foi improvisado algumas vezes como central de atendimento dos contribuintes do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e, atualmente, funciona como arquivo de equipamentos e documentos.  

O espaço está fechado para atividades culturais há quase 30 anos e a reforma será feita com recursos de emenda parlamentar de R$ 700 mil, mais contrapartida do município. 

 
 

HISTÓRICO

O certame chegou a ser paralisado no início de abril, assim como outras nove licitações, em razão da crise provocada pela pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus).

A medida visava interromper atividades presenciais para evitar aglomerações. Conforme o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), Rudi Fiorese, esses processos já haviam sido finalizados internamente pela Diretoria de Compras e Licitações (Dicom), mas com a determinação do município o edital não foi sequer publicado em Diário Oficial.

“Quando a gente publica o edital, já colocamos a previsão de quando essas propostas serão entregues, então preferimos nem publicar e esperar até que esse decreto esteja suspenso”, explicou.

Após o processo de flexibilização da prefeitura, a licitação foi retomada em 29 de abril. Na época, a administração municipal anunciou que as obras devem começar e terminar ainda em 2020, com a reinauguração do teatro prevista para este ano.

Secretário municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas, afirmou que, após a reinauguração, o teatro será palco para diversas manifestações artísticas e que a reforma deste espaço tem grande importância para a cultura da Capital e do Estado.  

“Campo Grande hoje não tem nenhum teatro público em funcionamento”, disse.

 

Felpuda


Embora embalada por vários “ex”, pré-candidatura a prefeito de esforçada figura não deslancha. É claro que ninguém ousa falar em voz alta que o apoio, em vez de alavancar os índices com o eleitorado, está é puxando para baixo. Uns dizem que o título do filme “Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado” retrata bem a situação. Outros complementam: “... na primavera, no outono, no inverno...”. Como diria vovó: “Aqui você planta, aqui você colhe!”.