Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Secretário confirma nova onda da Covid-19 e Dourados tem mais de 80% dos leitos ocupados

Nas últimas 24 horas, foram registrados 930 casos, sendo 118 na segunda maior cidade do Estado
03/09/2020 11:15 - Adriel Mattos


Dourados, cidade no sul de Mato Grosso do Sul, está oficialmente enfrentando uma segunda onda da pandemia de Covid-19. A informação foi confirmada na manhã desta quinta-feira (3) pelo secretário de estado de Saúde, Geraldo Resende.

A prefeitura da cidade havia comunicado o fato na semana passada. “Vemos com preocupação a situação na macrorregião de Dourados. Houve uma estabilização de casos, um decréscimo e agora vemos uma nova onda”, declarou Resende.

O segundo maior município do Estado têm a 8ª maior incidência de casos da doença, acima até mesmo de Campo Grande, epicentro da pandemia.

 
 

DADOS DO DIA

Mato Grosso do Sul chegou a 51.575 casos nessa quinta-feira. Entre ontem e hoje, mais 930 casos foram confirmados.  

Desses novos casos, 403 foram registrados em Campo Grande, 118 em Dourados, 54 em Corumbá, 53 em Aquidauana, 25 em Ladário e 23 em Anastácio.

Mais 569 pessoas se recuperaram da Covid-19, totalizando 42.834. Estão internadas 569 pessoas, sendo 313 em leitos clínicos e 242 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Portanto, em 24 horas, 24 pessoas foram hospitalizadas no Estado.

Há ainda dez pacientes de outros estados sendo tratados em Mato Grosso do Sul, mas não contabilizados oficialmente pela SES.

Considerando o total geral de leitos e internações por outras doenças, a macrorregião de Dourados está com 84% dos leitos ocupados. A macrorregião de Campo Grande está com 73% da capacidade ocupada.

A região de Corumbá está com 59% de ocupação. E a macrorregião de Três Lagoas tem 47% de leitos ocupados.  

Nas últimas 24 horas, foram contabilizadas 11 mortes causadas pela doença. No dia 31 de agosto, um óbito foi registrado em Aquidauana.

Em 1º de setembro, duas mortes ocorreram em Campo Grande e Ladário, Amambai e Aquidauana registraram uma cada.

E ontem, um óbito foi notificado em Caarapó e outros quatro na Capital. O Estado já tem 914 mortes pela doença.

 

Felpuda


A lista do Tribunal de Contas de MS, com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros de quando exerceram cargos públicos, está deixando muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!