Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

INTERIOR

Tatu é capturado pela Polícia Militar Ambiental em hospital

Animal foi solto na mata sem ferimentos
04/05/2019 08:40 - BRUNA AQUINO


 

Um tatu-galinha, da espécie Dasypus novemcinctus, foi capturado dentro de um hospital ontem (3), por Policiais Militares Ambientais no município de Coxim. Após encontrado por funcionários, o animal silvestre foi levado e depois solto na mata.

Segundo informações da PMA, funcionários do hospital encontraram o animal que estava andando pelo pátio da unidade de saúde. Os militares ambientais foram até o local e capturaram o tatu nos fundos do hospital.

Como ele não apresentava ferimentos, em seguida foi solto em uma área de vegetação distante da cidade.

A espécie
Também denominado tatu-de-nove-bandas, tatu-de-folha, tatuetê, tatu-veado e tatu-verdadeiro, esse animal possui cabeça pequena, focinho pontudo, olhos pequenos, e orelhas grandes e estreitas. De hábitos noturnos, esses animais vivem geralmente solitários, alimentando-se de invertebrados, pequenos vertebrados.

O tatu-galinha e os demais representantes do Gênero Dasypus, ainda, são os únicos animais, além da nossa espécie, cujo organismo é capaz de desenvolver o Mycobacterium leprae, bactéria causadora da hanseníase.

Felpuda


Figurinha cuja eleição estava sub judice trabalha intensamente para ter a votação legalizada. Isso acontecendo, garante uma das cadeiras de vereador. Assim, quem hoje foi proclamado eleito vai para a fila da suplência.

Caso isso ocorra, a figurinha que corre o risco não deverá ficar desamparada, pois deixou secretaria municipal para disputar as eleições e poderá ter a cadeira de volta em 2021. Agora, resta esperar para ver onde vai parar.