Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Transporte público vai atender apenas serviços essenciais

Aos fins de semana, somente trabalhadores de 13 setores poderão embarcar
15/07/2020 12:34 - Adriel Mattos


Devido às novas medidas de restrição para minimizar o avanço da pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus), o transporte coletivo de Campo Grande vai operar em regime especial aos fins de semana. O serviço operado pelo Consórcio Guaicurus já é oferecido de forma reduzida aos domingos.

“Só vai circular usuários que trabalham na saúde pública e privada ou de serviços essenciais, devidamente organizados ou com crachá. Caso contrário, não vai embarcar”, disse o prefeito Marcos Trad (PSD).

O diretor-presidente do Consórcio Guaicurus, João Rezende Filho, não foi encontrado pela reportagem do Correio do Estado para comentar as mudanças.

 
 

ENTENDA

No fim de março, a prefeitura determinou restrições no transporte coletivo, autorizando o uso apenas para trabalhadores de serviços essenciais. Por dez dias, rodaram apenas 11 linhas especiais.

Com a flexibilização, em abril, o serviço aumentou a capacidade de operação. Em seguida, o consórcio retomou a operação das linhas normais. Porém, aos domingos, o serviço volta à operação especial.

Decreto publicado na edição desta quarta-feira (15) do Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) lista treze serviços como essenciais. São eles:

  • Assistência à saúde, incluindo atividades da atenção primária a saúde e serviços médicos e hospitalares;
  • Farmácias e drogarias;
  • Hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, padarias e centros de abastecimento de alimentos;
  • Serviços de infraestrutura, tais como fornecimento de água, esgoto, limpeza urbana, energia elétrica, distribuição de gás, telefonia e internet;
  • Atividades relacionadas à cadeia de resíduos;
  • Postos de combustíveis e serviços de apoio em rodovias;
  • Atendimento médico veterinário;
  • Serviços de entregas (delivery) e de segurança particular;
  • Serviços funerários;
  • Serviços de hospedagem;
  • Serviços de mobilidade urbana;
  • Atividades religiosas;
  • Ações de fiscalização e exercício do poder de polícia em geral.
 
 

Felpuda


Candidato a prefeito de cidade do interior foi buscar “inspiração” para elaborar seu programa de governo.

Assim, não se fez de rogado em beber da fonte de prefeito que tenta a reeleição em município da Bahia.

O dito-cujo cá dessas bandas copiou as propostas e vinha as apresentando como sendo de sua autoria.

A população já descobriu o plágio e ainda aguarda uma explicação.

Se não houver, as urnas certamente a darão.