Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NOTA DO ENEM

Universidades de MS ofertam 210 vagas pelo Sisu; Veja cursos

Apenas duas instituições abriram vaga nesta seleção, em três cidades do Estado
02/07/2020 13:01 - Glaucea Vaccari


 

Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ofertará 210 vagas em Mato Grosso do Sul, na segunda edição de 2020, que abre inscrição na próxima terça-feira (21). No Estado, apenas duas instituições de Ensino Superior usarão a plataforma como critério de acesso.

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) é o que tem a maior oferta no Estado, com 160 vagas em quatro diferentes cursos.  

São 40 vagas para o curso de Engenharia Elétrica, 40 para Engenharia Mecânica e 40 para Sistemas para Internet, todas para o campus de Campo Grande. Já na unidade de Corumbá, também são 40 vagas para Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) também aceitará alunos por meio do Sisu. São 50 vagas, sendo 30 para o curso de Matemática e 20 para Medicina.  

COMO SE INSCREVER

Para participar do Sisu, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação.  

O acesso ao sistema de inscrição do Sisu agora será realizado com Login Único do governo federal, mediante uma conta gov.br. Quem ainda não tem a conta, deve fazer o cadastro no site. Este site é apenas para a criação do login único, mas as inscrições do Sisu devem ser feitas pela página do processo de seleção

O candidato deve escolher até duas opções de curso, sendo possível alterar as opções até o fim do prazo de inscrição.  O Sisu considera válida a última opção registrada pelos estudantes. Inscrições seguem abertas até o dia 10 de julho.  

No dia 14 de julho será divulgado o resultado da seleção. Os estudantes que forem aprovados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 16 e 21 de julho.

Aqueles que não forem selecionados poderão ainda participar da lista de espera. O prazo para se candidatar é de 14 a 21 de julho. Os candidatos em lista de espera serão convocados pelas próprias instituições de ensino, caso haja vaga, no dia 24 de julho.

 

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.