Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

LUTO

Artista plástico e cinegrafista da TVE morre na Capital

Lino Bambil Vergilino Lopes, que completaria 60 anos em julho, deixa duas filhas
30/05/2020 11:18 - Da Redação


 

Lino Bambil Vergilino Lopes, 59 anos, morreu na sexta-feira (29), em Campo Grande. Além de artesão e artista plástico, ele também era repórter cinematográfico da TVE Cultura de Mato Grosso do Sul. 

De acordo com a Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul (Fertel), Lino completaria 60 anos daqui a dois meses. Ele era servidor de carreira do governo desde 1998 e deixa duas filhas professoras.

Lino era artesão dedicado às artes plásticas. Produzia arte há mais de 40 anos e costumava expor seus trabalhos na Praça dos Imigrantes, centro da Capital. Algumas de suas obras talhadas em madeira reproduziam a fauna sul-mato-grossense. O artista e cinegrafista era um apaixonado pela cultura sul-mato-grossense. 

Em nota, o diretor-presidente da Fertel, Bosco Martins, disse algumas palavras sobre a morte do servidor. “O ano da Covid-19 não tem sido um ano fácil para ninguém e para nós profissionais da Fertel. Perdemos o Richard Lima e agora o Lino Bambil nosso repórter cinematográfico e um grande cara, um excelente profissional e artista maior”.

O corpo do artista plástico será velado e sepultado no Memorial Park, próximo do Lago do Amor, das 14h30 às 16h deste sábado (30). Por conta da pandemia da Covid-19 o número de pessoas e o tempo do velório é limitado.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.