Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Mais de 5 milhões de pessoas voltaram ao trabalho presencial de maio para julho

PNAD Covid-19 revela relaxamento de isolamento social na última semana de junho
10/07/2020 14:01 - Da Redação


 

Na última semana de julho, apenas 13,3% da população ocupada estava em isolamento social, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), desta sexta-feira, 10. O levantamento considera 84 milhões de trabalhadores no período de 14 a 20 de junho.  

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios -PNAD Covid-19, mostrou uma queda em relação à semana anterior, na qual 14,4% do contingente estava afastado em regime de contingenciamento social. Colocando as porcentagens em unidades, o estudo revela que 1,3 milhão de pessoas voltaram às ruas de uma semana para a outra.

Se comparado com a primeira semana de maio, esse número aumenta. De um mês para o outo, 5,5 milhões de pessoas passaram a circular pelas cidades brasileiras. Isso mostra porque boa parte do interior do Brasil passa a sofrer mais com a pandemia, do que demonstrado no período analisado pelo IBGE.  

No mês anterior, a Fiocruz já alertava para a alta taxa de municípios com casos confirmados de Covid. Em nota técnica de 28 de abril a fundação disse existir “uma tendência à interiorização da epidemia, que está chegando de forma acelerada aos municípios de menor porte do país”.  

Falsa segurança  

A nota segue dizendo que “observa-se em alguns estados uma desaceleração da transmissão”, por causa  “do estabelecimento de medidas mais ou menos restritivas para as atividades econômicas”. Estados como Mato Grosso e Mato Grosso do Sul tiveram tranquilidade nos primeiros meses da pandemia.  

Hoje, o vizinho está enviando pacientes críticos para outros estados, porque os leitos de Unidades Intensivas de Terapia (UTI) estão lotados. Os casos diários no MS também preocupam, foram 590 novos casos nas últimas 24h. 79% das UTI estão ocupadas.  

Outro grande desafio para a região é a testagem em massa. Com a volta ao trabalho e alta circulação de pessoas, em conjunto com a sazonalidade, conhecida por aumento em casos de doenças respiratórias, os trabalhadores procuraram serviços de saúde em massa em junho.  

A PNAD Covid-19 estima que no período analisado, pelos menos 15 milhões de pessoas apresentaram um dos 12 sintomas gripais. Entre os dias analisados 3,1 milhões procuraram estabelecimentos de saúde.  

 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...