Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COPA DO BRASIL

Gabriel Jesus brilha e Palmeiras vence o Cruzeiro

Gabriel Jesus brilha e Palmeiras vence o Cruzeiro
26/08/2015 23:07 - band


Com grande atuação de Gabriel Jesus, o Palmeiras derrotou o Cruzeiro por 3 a 2 no Mineirão e avançou às quartas de final da Copa do Brasil. A promessa da base alviverde marcou duas vezes, deu uma assistência para Barrios e ainda sofreu a falta de resultou na expulsão de Bruno Rodrigo, tudo isso ainda no primeiro tempo.

Depois da vitória por 2 a 1 em casa, a vantagem do Palmeiras ficou ainda melhor logo aos 8 minutos. Após passe de Dudu na grande área, Gabriel Jesus ajeitou de calcanhar e Lucas Barrios saiu na cara de Fábio para abrir o placar. Foi o primeiro gol do paraguaio com a camisa alviverde.

O gol abalou o Cruzeiro, que viu a situação ficar ainda mais complicada aos 24 minutos. Gabriel Jesus arrancou em velocidade e foi derrubado por Bruno Rodrigo na meia-lua. Como o palmeirense partia livre em direção ao gol, o árbitro expulsou o zagueiro cruzeirense. Na cobrança de falta, Egídio acertou o travessão e por pouco não ampliou o placar.

Mas não demorou muito para sair o segundo gol. Aos 27, no contra-ataque, Egídio cruzou na medida para Gabriel Jesus só desviar para a rede: 2 a 0. E Jesus estava mesmo inspirado. Aos 32, a promessa recebeu em profundidade, deum uma linda finta em Fábio e marcou mais um: 3 a 0.

Perdido em campo e sob protestos da torcida, o time de Luxemburgo ainda conseguiu descontar na primeira etapa. Aos 38, Vinícius Araújo finalizou duas vezes para superar Fernando Prass: 3 a 1.

Na segunda etapa, o Palmeiras diminuiu o ritmo e apenas controlou a vantagem. Já o Cruzeiro, que precisava de mais 4 gols, só conseguiu marcar apenas mais uma vez. Aos 29, Alisson cobrou pênalti e deu números finais ao placar: 3 a 2.

Na próxima segunda-feira, o Palmeiras vai conhecer seu rival nas quartas de final no sorteio realizado na sede da CBF.

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...