Clique aqui e veja as últimas notícias!

IMBRÓGLIO

Com outra derrota na Justiça, Trutis se afasta ainda mais das eleições de 2020

O postiluante a candidato do PSL, teve recurso negado onde pedia suspensão de um magistrado que julga seu caso
07/10/2020 14:29 - Flávio Veras


O pretenso candidato à prefeitura de Campo Grande, deputado Loester Trurtis (PSL), sofreu mais uma derrota em relação a batalha jurídica que trava com seu correligionário e também postulante a candidato ao Executivo da Capital, vereador Vinícius Siqueira.  

Dessa vez, por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) negou recurso de Trutis onde pedia o afastamento do juiz-membro do órgão, Djailson de Souza. O julgamento ocorreu na manhã desta quarta-feira (7).

Na primeira instância, a juíza Joseliza Alessandra Vanzela Turine, da 44ª Zona Eleitoral, já havia atendido a defesa de Siqueira e garantiu sua pretensão para concorrer pela legenda.

Trutis recorreu e alegou suspeição do juiz-membro do TRE-MS, Djailson de Souza. O magistrado rechaçou e manteve a decisão de primeira instância.

O processo subiu para o Pleno da corte eleitoral, que negou novamente atender o deputado. A ação foi arquivada, mas ainda cabe recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A reportagem do Correio do Estado entrou em contato com o deputado e o questionou sobre a decisão. De acordo com Trutis, o que apenas foi negado, é suspeição do magistrado Djailson de Souza o que foi negado. “Isso não muda muita coisa no nosso processo, apenas tivemos o recurso de suspeição negado, portanto não houve julgamento do mérito”, afirmou.