Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SERÁ?

Pesquisadores acreditam que ilha no <br>Rio Paraná pode ser base alienígena

Pesquisadores acreditam que ilha no <br>Rio Paraná pode ser base alienígena
30/08/2016 19:18 - DA REDAÇÃO


 

Pesquisadores acreditam que uma ilha circular que se move e gira sobre o próprio eixo pode ser uma base alienígena.

Localizada no delta do Rio Paraná, no nordeste da Argentina, o local, chamado de “The Eye”, está rodeado por um pequeno canal de águas claras.

Segundo reportagem do jornal britânico Daily Mail, equipe de pesquisadores lançaram campanha para ajudar a financiar sua investigação e descobrir o mistério da ilha.

"Nós descobrimos uma misteriosa ilha perto do rio Paraná, que, curiosamente, se move e gira sobre seu próprio eixo”, disse o engenheiro hidráulico e civil Richard Petroni, que está envolvido no projeto.

"É algo real e é responsável por várias histórias sobrenaturais que carregam conexões com UFOs e outros aspectos paranormais”, disse Petroni.

Petroni fez uma parceria com o diretor argentino de cinema e produtor Sergio Neuspillerm, que fez a descoberta, bem como especialista em tecnologia e fundador de uma empresa de telecomunicações, Pablo Martinez, para esta viagem.

'The Eye' pode ser encontrado no Google Maps usando as coordenadas: 58 ° 49'47.4 "W 34 ° 15'07.8'S.

Ele está localizado no Delta do Paraná entre as cidades de Campana e Zarate em Buenos Aires, Argentina.

A ilha foi detectada pela primeira vez pela equipe de filmagem seis meses atrás, quando eles estavam procurando um lugar para fazer um filme que abrange outras ocorrências paranormais, como fantasmas e aparições alienígenas, na área.

'Ao localizar esta referência no mapa descobrimos algo inesperado, que deixou o projeto do filme no fundo, nós o chamamos de' The Eye '', disse Neuspillerm em um vídeo.

A equipe caminhou pelos arredores pantanosas, tentando encontrar um ponto de entrada, mas não foram capazes de encontrar o caminho para a ilha.

Finalmente, em sua segunda tentativa e, depois de oito horas de caminhada, eles tropeçaram no 'The Eye'.

"O local é incrível e extremamente estranho", disse Neuspillerm.

"Nós descobrimos que a água é clara e fria, algo totalmente incomum na área."

"Queremos voltar com uma expedição científica completa com equipamento de mergulho, geólogos, biólogos, ufólogos, drones especializados e mais, e recolher amostras de água, do solo, plantas um todos os outros objectos que podemos encontrar", disse Neuspillerm.

O olho é um círculo de terra rodeada por um estreito canal de água.

Felpuda


A lista do Tribunal de Contas de MS, com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros de quando exerceram cargos públicos, está deixando muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!