Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTIVOS

Novos Porsche 911 Targa 4 e Targa 4S

O verão europeu abre as portas para os novos modelos, completando a família do lendário esportivo da Porsche
25/05/2020 14:04 - Daniel Dias/AutoMotrix


 

Para pegar de cheio o verão europeu, que se inicia em julho, a Porsche completa seu trio de carros esportivos, seguindo o cupê e o cabriolet com a terceira versão de carroceria da nova geração do 911, com os modelos Targa 4 e Targa 4S com tração integral. O item de diferenciação do Targa permanece sendo o acionamento do sistema de teto automático, exatamente como no original de 1965, com larga barra de proteção anticapotagem (santantônio), uma asa móvel sobre os bancos dianteiros e uma janela traseira envolvente. O teto pode ser aberto ou fechado em 19 segundos. O carro é impulsionado por um motor boxer 3.0 de seis cilindros com dois turbo compressores. O 911 Targa 4 entrega 385 cavalos de potência a 6.500 rotações por minuto e torque de 46 kgfm de 1.950 a 5 mil giros. Segundo a marca alemã, em combinação com o pacote opcional Sport Chrono, a configuração acelera de zero a 100 km/h em 4,2 segundos. No 911 Targa 4S, o motor chega à potência de 450 cavalos a 6.500 rpm e torque de 54 kgfm de 2.300 a 5 mil rpm e, nas mesmas condições, permite atingir a marca de 100 km/h em 3,6 segundos. A velocidade máxima do Targa 4 é de 289 km/h, enquanto o 4S pode chegar aos 304 km/h. Os dois esportivos estão equipados de série com uma transmissão de dupla embreagem com 8 marchas (PDK) e tração integral inteligente Porsche Traction Management, para proporcionar o máximo de prazer ao dirigir, conforme a engenharia da Porsche.

O desempenho aprimorado dos novos modelos acompanha o maior desenvolvimento da tração no eixo dianteiro. A unidade que reúne a embreagem e o diferencial é resfriada a água e tem discos de fricção reforçados para maior robustez e maior capacidade de carga. A força maior atuando na embreagem aumenta sua precisão de ajuste e a função da tração adicional do eixo dianteiro, aperfeiçoado com o PTM (Porsche Traction Management – gerenciamento de tração), contribuindo para melhor desempenho em quaisquer condições de estrada. O sistema PASM (Porsche Active Suspension Management – gerenciamento ativo da suspensão) de amortecimento variável controlado eletronicamente faz parte do equipamento de série dos novos modelos 911 Targa.

 
 

O sistema ajusta automaticamente as características de amortecimento em termos de conforto de rodagem e dirigibilidade para cada situação de condução e conta com dois mapas ajustáveis manualmente, Normal e Sport. O sistema Porsche Torque Vectoring Plus (vetoreamento de torque), que inclui o bloqueio eletrônico do diferencial traseiro com distribuição de torque totalmente variável, foi adicionado ao equipamento de série do Targa 4S e é disponibilizado como opcional para o Targa 4. Como as outras oito versões do Porsche 911, os modelos Targa são equipados de série com o modo Porsche Wet. Sensores montados nas caixas de rodas dianteiras são capazes de detectar água na superfície da via e, quando os volumes forem significativos, um sinal no cockpit recomenda ao motorista acionar manualmente o modo Wet. A partir daí, a responsividade é adaptada para as condições, garantindo o máximo de estabilidade de direção.

A dinâmica do acerto de condução para o 911 Targa 4 inclui pneus 235/40 ZR montados em rodas de liga leve com 19 polegadas no eixo dianteiro e pneus 295/35 ZR em rodas de 20 polegadas no traseiro. O 4S é equipado com pneus 245/35 ZR em rodas dianteiras de 20 polegadas e pneus 305/30 ZR nas traseiras, de 21 polegadas. No Targa 4, a desaceleração fica a cargo de discos de freios de 330 milímetros nos dois eixos, com pinças fixas pretas de quatro pistões. Pintadas de vermelho no Targa 4S, as pinças de freios têm seis pistões no eixo dianteiro e quatro no traseiro, com discos medindo 350 milímetros na frente e atrás. O Porsche Ceramic Composite Brake (freio composto de cerâmica) pode ser pedido como opcional.

 
 

O exterior do 911 se caracteriza pelos elementos de design da geração de modelos 992. Comparado a seus antecessores, sua carroceria tem caixas de rodas significativamente mais pronunciadas na dianteira. Entre seus faróis de leds, o capô traz um recuo pronunciado, remetendo ao estilo das primeiras gerações do 911. A traseira é dominada pelo defletor com extensão variável mais largo e pela barra luminosa integrada sem descontinuidade. Com exceção das seções dianteira e traseira, todas as superfícies externas são feitas de alumínio.

O interior do Targa é herdado do 911 Carrera e é caracterizado pelas linhas claras e retas de seu painel e pelos instrumentos embutidos. Os modelos 911 dos anos 70 foram a inspiração nesse aspecto. Ao lado do contagiros central – uma característica típica da Porsche – dois estreitos displays sem molduras ampliam as informações fornecidas ao condutor. Uma unidade de interruptores compacta com cinco botões para acesso direto a funções do veículo está colocada abaixo da tela central de 10,9 polegadas do Porsche Communication Management (gerenciamento de comunicação). Os itens de série do dispositivo incluem navegação online baseada em dados de tempo real fornecidos pelos sistemas de controle de tráfego, assim como o Connect Plus. Ainda não há previsão sobre quando os novos modelos chegam ao mercado brasileiro.

 

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.