Clique aqui e veja as últimas notícias!

EDUCAÇÃO

Aulas nas escolas municipais retornam no dia 8 de fevereiro, mas sem previsão de volta presencial

O plano de biossegurança para o retorno das aulas está sendo elaborado, e deve ser publicado ainda neste mês
08/12/2020 13:36 - Rafaela Moreira


As aulas na Rede Municipal de Ensino (Reme) estão previstas para retornar no dia 8 de fevereiro, no entanto, ainda não há confirmação do retorno presencial dos alunos. 

Todas as escolas deverão atender os protocolos de biossegurança para o início do ano letivo de 2021.

A secretária de Educação de Campo Grande, Elza Fernandes, disse, em nota, que “o plano de biossegurança que será válido para a Rede Municipal de Ensino (REME) está em processo de elaboração, e deverá ser publicado no mês de dezembro. Ainda não há previsão de retorno das aulas presenciais, para os alunos da REME, no ano letivo de 2021".

A nota ainda afirma que para definir sobre o retorno presencial, será necessário avaliar a situação da pandemia próximo à data do início do ano letivo, considerando o atual cenário.

Sobre o direito dos pais em escolher o ensino remoto ou presencial para seus filhos no próximo ano letivo, ainda não há definição.

Acompanhe as últimas notícias

O Conselho Nacional de Educação deu autonomia aos municípios para decidirem de que forma os alunos serão avaliados no encerramento do ano letivo. 

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) determinou que os estudantes que tiveram participação nas aulas  on-line têm aprovação automática.

Na Rede Estadual de Educação, as aulas presenciais foram paralisadas 23 de março, após os primeiros casos de Covid-19 serem registrados no Estado. De acordo com o calendário escolar de 2021, a volta às aulas será no dia 4 de fevereiro. 

O governo estadual apresentou um protocolo de retorno no fim de novembro, e prevê ensino híbrido a partir do ano que vem. Ou seja, com atividades presenciais e remotas, a critério dos pais ou responsáveis pelo aluno.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), entre 2019 e 2020 a evasão escolar em Mato Grosso do Sul chegou a 2,2% no ensino fundamental e 6,8% no ensino médio.