Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SAÚDE

Estado recebe mais de 160 mil doses de vacinas para imunizar crianças e adolescentes

Ao todo são 18 vacinas para atualização da carteira, mas objetivo principal é imunizar as crianças contra sarampo e poliomielite
06/10/2020 09:16 - Gabrielle Tavares


Crianças e adolescentes já podem ser vacinadas em todo Mato Grosso do Sul. A Campanha Nacional de Multivacinação começou na segunda-feira (5) com mais de 160 mil doses disponíveis.

Os pais poderão atualizar a carteira de vacinação dos filhos até o dia 30 de outubro. São 18 vacinas disponíveis, com prioridade de imunização contra sarampo e poliomielite.

As doses recebidas pelo Ministério da Saúde foram distribuídas entre todos os municípios do Estado.  

A meta da Secretaria de Estado de Saúde (SES) é imunizar no mínimo 80% dos adolescentes de 11 e 12 anos e 95% das crianças menores de 5 anos em Mato Grosso do Sul.  

Se o objetivo for cumprido, todas as Cadernetas de Vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade e em crianças de 12 meses a menores de 5 anos de idade contra a Poliomielite, poderão ser atualizadas. 

Em Campo Grande, as doses estão disponíveis em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBSs) e Unidade de Saúde Familiar (USFs). Diferente da Campanha Nacional contra Gripe, dessa vez não será possível ter acesso às vacinas em farmácias.

“Como é atualização de caderneta, é necessário ter acesso ao sistema Hygea e e-SUS, e as farmácias não têm acesso a esses sistemas para confirmar se a criança já tomou ou não a vacina”, explicou a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande (Sesau).

De acordo com a Gerente Técnica de Imunização da SES, Ana Paula Rezende de Oliveira Goldfinger, a pandemia da Covid-19 afetou a imunização das crianças, já que pais deixaram de levar seus filhos aos postos de saúde por medo do coronavírus.

“Estamos bem esperançosos com esta campanha e pedimos aos pais que procurem as unidades de saúde. Todos os protocolos de segurança recomendados pela SES e pelo Ministério da Saúde serão seguidos para minimizar o risco de infecção pelo vírus”, ressaltou.

Confira as vacinas disponíveis  

Vacinas disponibilizadas para crianças: BCG; Hepatite B; Poliomielite 1,2,3 (VIP - inativada); Poliomielite 1 e 3 (VOP - atenuada); Rotavírus humano G1P1 (VRH); DTP+Hib+HB (Penta); Pneumocócica 10 valentes; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela (Atenuada).

Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR); Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela (SCRV); Hepatite A (HA); Difteria, Tétano, Pertussis (DTP); Difteria, Tétano (dT); Papilomavírus humano (HPV); Varicela, pneumocócica 23-valente (Pncc 23*) vacina indicada para população indígena a partir dos cinco anos de idade.

Vacinas disponibilizadas para adolescentes: Hepatite B (HB recombinante); Difteria, Tétano (dT); Febre amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR); Papilomavírus humano (HPV); Meningocócica ACWY (conjugada); Pneumocócica 23-valente (Pncc 23) vacina indicada para população indígena.

 
 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido