Clique aqui e veja as últimas notícias!

INVESTIMENTO

Governo estuda novos projetos de privatização em Mato Grosso do Sul

Estado pretende fechar parceria público-privada (PPP) em áreas de infraestrutura e tecnologia
07/02/2021 17:35 - Rafaela Moreira


O governo de Mato Grosso do Sul pretende lançar novos projetos no modelo de Parceria Público-Privada (PPP)  nas áreas de infraestrutura e tecnologia. 

As PPP, são acordos entre os setores público e privado para a realização conjunta de determinado serviço ou obra de interesse da população. Em uma parceria público-privada, a empresa normalmente fica responsável pelo projeto, assim como seu financiamento, execução e operação. 

Últimas Notícias

De acordo com o governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), existe um portfólio de possíveis PPPs que estão em análise, com alguns projetos “bem adiantados”. 

Azambuja destacou o estudo feito com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a concessão de cinco parques estaduais: Parque Estadual Várzeas do Rio Ivinhema, Parque Estadual Nascentes do Rio Taquari, Parque Estadual do Prosa, Parque das Nações Indígenas e o Monumento Natural Gruta do Lago Azul de Bonito. 

“Para que possam ser explorados com sustentabilidade e segurança”, afirmou.

No setor de infraestrutura, o Estado organiza um portfólio de estudos para a concessão de rodovias, pelo menos cinco vias, entre estaduais e federais, estão em fase de estudo para possíveis parcerias com empresas privadas. 

“Já fizemos com a MS-306 (na região Nordeste de MS), mas existem outras que podem passar por concessão ou PPP. Isso vai depender do desenho estratégico que estamos fazendo”, destacou.

Na área de tecnologia, está sendo projetada uma PPP das infovias que pode garantir fibra óptica e internet rápida para todos municípios do Estado, melhorando a conectividade. O objetivo do governo é destinar às empresas privadas o serviço de cabeamento de fibra ótica interligando todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

ESGOTO

Na última sexta-feira (5), Azambuja assinou contrato de PPP com a Aegea Saneamento, a medida tem como objetivo levar esgotamento sanitário para os 68 municípios do estado atendidos pela Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) no prazo de 10 anos.

O contrato tem como objetivo levar 100% de esgotamento sanitário para os municípios do estado atendidos pela Sanesul. A estimativa é de investimentos de R$ 3,8 bilhões pela iniciativa privada nos 30 anos de contrato, sendo R$ 1 bilhão em obras e R$ 2,8 bilhões na operação e na manutenção do sistema de esgoto.

Assine o Correio do Estado