Clique aqui e veja as últimas notícias!

HOME OFFICE

Trabalho home office durante a pandemia: como funciona, dicas e estratégias

Método foi a única opção para empresas sobreviverem durante pandemia da Covid-19. Veja dicas de como ser produtivo em casa
22/10/2020 14:00 - Ana Karla Flores


Você sabe como funciona o trabalho home office? O regime de trabalho existe há várias décadas, mas ganhou popularidade com a pandemia da Covid-19. 

Trabalhadores e empresas começaram a utilizar o home office a partir das décadas de 1980 e 1990, quando a internet ganhou popularidade.

Com a invenção de notebooks e celulares, além da grande oferta de redes de wi-fi em residências e locais públicos, o trabalho remoto ganhou notoriedade pelo mundo.

Outros fatores que conquistaram muitos empregados, é a flexibilidade, não ter que “perder tempo” para se arrumar e dirigir até a empresa. 

Com a pandemia do Coronavírus que atingiu o mundo em 2020, o trabalho home office se tornou a única alternativa em muitas empresas para manter a produtividade. O isolamento social gerou esforços acelerados para adaptação da prática.

De acordo com a Pesquisa de Gestão de Pessoas na Crise de Covid-19, realizada pela Fundação Instituto de Administração (FIA), cerca de 94% das empresas brasileiras afirmam que atingiram ou superaram suas expectativas de resultados com o trabalho home office. 

No entanto, 70% dessas empresas pretendem encerrar ou reduzir a prática para apenas 25% dos funcionários quando a pandemia terminar. 

O estagiário de produção da refinaria da Archer Daniel Midland Company (ADM), multinacional localizada em Campo Grande, Felipe Macgregor, relata que o home office foi uma medida adaptativa necessária para o momento de pandemia.

Macgregor detalha que para muitas empresas foi possível inserir estratégias como reduzir gastos com escritórios físicos e até melhorar o desempenho, com funcionários em casa, que em situações comuns não seriam alcançadas. 

“Creio que depende do ramo/setor que a empresa está em inserida. No meu caso, por ser uma indústria, é meio que essencial estar presencialmente lá, acompanhando o processo, o produto e toda a equipe”.

Nem todos estavam preparados para essa nova realidade repentina. Muitos não contam com os equipamentos necessários para manter um trabalho online ou autodisciplina que é necessária para manter a produtividade em casa.

Pesquisa Potencial do teletrabalho na pandemia, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostrou que no Brasil o trabalho em home office é possível para 22,7% das ocupações. 

De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), este dado pode aprofundar as desigualdades entre os estados do país. “Estados como DF (31,6%), SP (27,7%) e RJ (26,7%) podem ser favorecidos em detrimento de Estados como PI (15,6%), PA (16%) e RO (16, 7%)”, é detalhado em nota técnica do MPT.

Para aqueles que já conhece como o trabalho remoto funciona, é visível que pode se tornar desvantajoso, como a dificuldade em manter uma rotina de trabalho, ou a sensação de isolamento. Algumas pessoas também não conseguem separar o horário de trabalho e o de lazer.