Esportes

EUROCOPA

Espanha dá show, faz 4 a 0 na Itália e leva o 1º bi

Espanha dá show, faz 4 a 0 na Itália e leva o 1º bi

Continue lendo...

Campeã europeia em 2008. Campeã mundial em 2010. Campeã europeia em 2012. A geração espanhola atualmente comandada por Vicente del Bosque ratificou neste domingo o status de melhor equipe do planeta. Em Kiev, na Ucrânia, a equipe, criticada durante parte da Eurocopa 2012 pelo futebol apresentado, respondeu com maestria: goleada por 4 a 0 sobre a Itália, que garantiu ao país o bicampeonato, inédito na história da competição.

A geração, apoiada no talento de Xavi e Andrés Iniesta, duas grandes estrelas do Barcelona e da equipe, colocou a seleção espanhola ao lado da Alemanha como as maiores vencedoras da história da Euro. História iniciada em 2008, quando, na Suíça, Fernando Torres anotou o gol da vitória por 1 a 0 sobre os alemães, afastando o estigma de fracasso no futebol do país.A partir deste dia, o grito espanhol se restringe às comemorações de títulos importantes.

Xavi domina jogo, e Espanha abre grande vantagem em 45min

As críticas sobre o estilo espanhol adotado na Eurocopa parece que atingiram a equipe comandada por Vicente del Bosque. Na decisão diante da Itália, justamente um adversário que se espelhou no sistema de jogo de toques parecido, a atual campeã mundial se mostrou mais objetiva. O exemplo da ¿fome¿ espanhola surgiu aos 10min, quando Xavi tabelou com Fábregas e arriscou de fora da área, assustando Buffon.
Dona do jogo nos primeiros minutos, a Espanha não demorou a conseguir balançar as redes.

Aos 13min, Iniesta recebeu livre na intermediária e descolou um lindo passe em profundidade para Fábregas. O camisa 10 espanhol ganhou na velocidade de Chiellini e cruzou na medida para David Silva. O jogador do Manchester City desviou com precisão de cabeça para abrir o marcador.

O gol anotado logo no início modificou o comportamento espanhol no restante da etapa inicial. Acostumada a controlar a posse de bola e minar as tentativas adversárias, a atual campeã mundial se retraiu e permitiu à Itália ditar o ritmo de jogo. Recuado, o time vermelho esperava apenas um erro do adversário para encaixar um contra-ataque.
O espaço esperado pela Espanha surgiu aos 43min. Xavi avançou em velocidade e achou Jordi Alba. O lateral esquerdo recebeu livre e tocou com categoria na saída de Buffon, se aproximando de um inédito bicampeonato. A Itália, acuada pelo volume de jogo adversário, pouco ameaçava ¿ a principal chance surgiu aos 43min, com Montolivo -, embora tenha terminado a etapa inicial com mais posse de bola do que o rival.


Geração espanhola controla jogo, dá show e faz história com bicampeonato

O extremo domínio espanhol na primeira etapa abateu o time italiano. A Espanha, por outro lado, retornou ainda melhor. Logo aos 3min, Fábregas, um dos grandes destaques da decisão, deixou Balzaretti no chão, fintou mais um marcador e chutou fraco. Buffon conseguiu tocar na bola e evitar o terceiro gol da principal equipe do mundo no momento.

A Itália pouco ameaçou a meta defendida por Casillas. O técnico Claudio Prandelli tentou ainda modificar a configuração do ataque com Di Natale; mas o experiente jogador não conseguiu novamente vazar o gol espanhol - foi o único na Euro a superar o goleiro do Real Madrid. Aos 7min, o camisa 11 recebeu de Montolivo e exigiu grande defesa do rival.

A oportunidade desperdiçada por Di Natali vacinou a Espanha. A equipe retomou o estilo clássico da atual geração e controlou o ritmo de jogo. Tal ritmo só aproximou a campeã mundial do terceiro gol, situação que desanimou completamente o lado italiano. Atrás no marcador, o país tetracampeão mundial ainda perdeu Thiago Motta, que entrou no segundo tempo e precisou deixar o jogo por lesão.

Melhor para o time Xavi, Iniesta e companhia, que, ao melhor estilo de eficiência no passe, pôde comemorar escrever mais um capítulo desta formação espetacular. Ainda antes do final, Fernando Torres fundou um novo grupo na história: o de goleadores em duas finais de Euro. Autor do gol do título espanhol em 2008, o centroavante do Chelsea recebeu passe de Xavi e finalizou com precisão na saíd

APOIO

Prefeitura de Jardim viabiliza a realização da 4ª etapa do Circuito MS de Jiu-Jitsu

Pelo menos 500 atletas de aproximadamente 30 municípios, inclusive de Jardim, participaram da competição no Ginásio Ticão

23/05/2024 07h59

O Ginásio Ticão ficou cheio para as lutas das categorias infantis

O Ginásio Ticão ficou cheio para as lutas das categorias infantis Divulgação

Continue Lendo...

Com apoio da Prefeitura de Jardim, o Ginásio de Esportes Ticão recebeu, no dia 18 de maio, a 4ª etapa do Circuito MS - Open Jardim de Jiu-Jitsu, realizado pela Federação Sul-Mato-Grossense de Jiu-Jitsu (FSMJJ), em parceria com o Governo do Estado, por meio da Fundação Estadual de Esportes (Fundesporte).

Pelo menos 500 atletas de aproximadamente 30 municípios, inclusive Jardim, sob os olhares atentos de familiares e amigos, demonstraram todas suas habilidades e técnicas da "arte suave", como é conhecido mundialmente o jiu-jitsu.

Graças à Prefeitura de Jardim, o evento disponibilizou atendimento às equipes, com socorristas disponíveis e ótima estrutura para os atletas. Pela manhã do dia 18 de maio, foram realizadas as lutas das categorias infantis, na sequência, os atletas graduados.

No período vespertino, foram promovidas as "super lutas", que envolveram "atletas revelações". Houve também a modalidade "No Gi", ou sem kimono, muito contemplada pelos atletas.

O presidente da FSMJJ, Fábio Borges, agradeceu a presença de grande público, das equipes e dos atletas, destacando a parceria da Prefeitura de Jardim na realização do evento.

“A competição foi um sucesso, com arquibancadas lotadas, grandes combates e disputas de cinturão. Esperamos voltar logo para Jardim para realizarmos mais uma mega etapa para todos nós", disse Fábio Borges.

O jiu-jitsu é uma técnica milenar derivada do judô que tem por filosofia finalizar o adversário com eficiência, por meio de alavancas, imobilizações e finalizações. 

Cartão Vermelho

Gaeco cria canal para denunciar corrupção no futebol de MS; veja o número

Disque-denúncia ficará disponível pelos próximos 30 dias, e visa obter mais informações de esquema chefiado por Cezário, que está preso

22/05/2024 19h47

Cezario foi preso na casa dele, nesta terça-feira (21)

Cezario foi preso na casa dele, nesta terça-feira (21) Henrique Kawaminami - Campo Grande News

Continue Lendo...

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) de Mato Grosso do Sul abriu um canal para exclusivo receber denúncias de corrupção, lavagem de dinheiro, e outros crimes de colarinho branco que envolvem a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS). O telefone é 67 99825-0547 e vale tanto para mensagens de WhatsApp, quanto para telefonemas. 

O Correio do Estado apurou que a procura de cidadãos no órgão de investigação ligado ao Ministério de Público de Mato Grosso do Sul tem sido grande. O telefone estará disponível para os próximos 30 dias, período em que as investigações continuam. 

Nesta quarta-feira (22), o presidente da FFMS, Francisco Cezario de Oliveira, foi mantido na cadeia durante audiência de custódia com o juiz da 2ª Vara Criminal de Campo Grande, Eduardo Eugênio Siravegna Junior. Além do chefão da federação, também continuam presos os familiares dele: Francisco Carlos Pereira, Marcelo Mitsuo Ezoe Pereira e de Umberto Alves Pereira, Valdir Alves Pereira, além de Rudson Bogarim Barbosa. 

A Operação Cartão Vermelho, do Gaeco, foi desencadeada neste dia 21 de maio. Na ocasião foram cumpridos mandados de busca e apreensão.

As investigações já levam 20 meses, os desvios passam dos R$ 6 milhões, e os saques rastreados, dos R$ 3 milhões. 

Para escapar de órgãos de controle, como o Coaf, os envolvidos faziam sempre saques de valores inferiores a R$ 5 mil. Alguns destes saques foram fotografados e filmados pelos policiais do Gaeco. 
Durante a busca e apreensão na casa de Cezario, mais de R$ 800 mil em espécie foram apreendidos. 

As investigações continuam, e o próximo passo é fazer uma devassa nos celulares das seguintes pessoas: Aparecido Alves Pereira, o Cido, um dos funcionários mais antigos da Federação de Futebol; do próprio Cezário; de Francisco Carlos Pereira; Francisca Rosa de Oliveira; Marcelo Mitsuo Ezoe Pereira; do vice-presidente da FFMS Marcos Antônio Tavares; Marcos Paulo Abdala Tavares; Umberto Alves Pereira; Valdir Alves Pereira e de Rudson Alves Pereira.

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).