Exclusivo para Assinantes

DIREITO PREVIDENCIÁRIO

Juliane Penteado: Agente comunitário de sáude tem direito a aposentadoria especial?

Confira a coluna de Juliane Penteado desta sexta-feira, 17 de maio

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Agronegócio do Rio Grande do Sul: Produção de Arroz e as Pessoas

Confira a coluna de Michel Constantino desta terça-feira, 12 de maio de 2024

14/05/2024 00h02

MIchel Constantino

MIchel Constantino Divulgação

Continue Lendo...

A catástrofe que o Rio Grande do Sul está passando nos deixa estarrecido e com grande tristeza, é hora de todos de unirem para ajudar os irmãos.


Uma dinâmica natural da sociedade é tentar tomar decisões com as informações que tem e tentar prever o efeito do problema para seu dia a dia. Então, vimos nesta semana as pessoas fazendo filas para comprar arroz, e nos deparamos com atitudes egoístas e assimétricas. 


A assimetria da informação, ou seja, a falta de compreender um fenômeno torna a atitude das pessoas vulnerável, infelizmente, não é um comportamento racional, mas como estudou Herbert Simon, em alguns ou muitos casos temos racionalidade limitada. 


Ao analisar os dados da produção de arroz no Brasil, o estado gaúcho é o grande produtor e fornecedor nacional e internacional.

 

Algumas pessoas com assimetria de informação apresentaram soluções de importação para manter a oferta de arroz, e, colocaram até a Venezuela como provável ofertante. Sem olhar os dados, não sabe que a produção anual da Venezuela não atende um dia de demanda brasileira.


O produtor de médio e grande porte são os responsáveis pela produção nacional, na tabela abaixo temos os dados do IBGE:

O que a produção de arroz nos revela, que a nota da associação de produtores do Rio Grande do Sul apresenta um cenário positivo para o mercado, os gaúchos já tinham colhido 87% da sua produção e nem toda produção foi atingida pela cheia, ou seja, o abastecimento no curto e médio prazo está garantido (obrigado produtor).


Do ponto de vista da vida e das pessoas, a produção de arroz e as demais produções da agropecuária do Rio Grande do Sul nunca mais serão as mesmas. Quem faz a produção são as famílias, são suas mãos, são seus filhos e filhas, são a tradição do povo gaúcho, e, neste momento eles não precisam que você corra no supermercado para comprar seu arroz, eles precisam da sua atitude de irmão. 

Assine o Correio do Estado

Exclusivo para assinantes

Juca Kfouri: Um Furacão do bem em Barueri

O Athletico de Cuca se impôs com inteligência e categoria diante do Palmeiras

13/05/2024 00h05

Juca Kfouri

Juca Kfouri Divulgação

Continue Lendo...

 

Jornalista, autor de “Confesso que Perdi”. É formado em ciências sociais pela USP.

Barueri, com gramado natural, recebeu dois dos times donos de gramados artificiais, para ser palco de ótimo jogo entre Palmeiras e Athletico Paranaense.

Duelo tático entre dois treinadores perfeccionistas e com vitória de Cuca sobre Abel Ferreira.

É claro que se o excelente Bento não defende o pênalti ao fim do primeiro tempo o placar poderia ser outro, ainda mais que em seguida Pablo pôs o Furacão na frente.

Mas mesmo no primeiro tempo os rubros-negros foram melhores, mais perigosos, souberam, às duras penas, enfrentar os endiabrados Endrick e Estêvão, fizeram Weverton trabalhar e assim se mantiveram no segundo, mesmo depois de ficar com um jogador a menos.

Vitória justa do líder e candidato a brigar pelo título.

SOBERBA CORINTIANA

O Corinthians pensou que poderia enfrentar o Flamengo de igual para igual no Maracanã com mais de 57 mil torcedores e em busca de evitar uma crise na Gávea.
Perdeu só por 2 a 0 porque Carlos Miguel fez cinco ótimas defesas, embora tenha falhado no gol de Pedro que abriu o marcador.

O treinador português António Oliveira precisa entender que o campeonato disputado pelo alvinegro não é o mesmo do rubro-negro, mas o dos que lutarão para evitar riscos de rebaixamento.

INCRÍVEIS BRABAS

Única alegria da Fiel, as Brabas se superaram no Dia das Mães.
Perdiam de virada para o São Paulo por 2 a 1, em Itaquera com 12 mil pessoas e, já no acréscimos, viraram para 3 a 2 como se fossem o Real Madrid masculino.
Com o que mantiveram a invencibilidade de dez jogos no Campeonato Brasileiro, seis pontos à frente do vice-líder Palmeiras, apenas um empate no torneio, contra a Ferroviária, a outra equipe invicta até aqui e em terceiro lugar.
Sob sol escaldante pela manhã do domingo (12), as Brabas, mais uma vez, fizeram gols ao fim do jogo porque, além da óbvia superioridade técnica, apesar de menor do que já foi em anos anteriores, o preparo físico do time faz diferença.
O preparo físico e a insistência de quem acredita que os jogos só acabam quando terminam.

OLHOS EM LONDRES

Nesta terça-feira (14), às 16h, com transmissão pela ESPN e Star+, o jogo que deve decidir a sensacional Premier League de 2023/24: Tottenham x Manchester City, prélio atrasado e isolado para que ambos completem suas penúltimas participações no campeonato.

Os Spurs ainda sonham com vaga na Champions e os Citizens, se vencerem, livrarão dois pontos sobre o líder Arsenal e praticamente garantirão o inédito tetracampeonato inglês, porque jogam em casa na última rodada contra o West Ham, em nono lugar.

O empate, porém, praticamente dará o título aos Gunners, pois ficarão ambos com o mesmo número de pontos e os londrinos, com três gols a mais de saldo, receberão o 15º colocado Everton na derradeira rodada.

A Premier League chega ao estertor mais viva do que nunca.

E A SELEÇÃO?

Um jornalista europeu jamais entenderia a única crítica de um jornalista brasileiro sobre a convocação de Dorival Júnior para amistosos e Copa América: ele preferiria Gustavo Scarpa no lugar de Raphinha.

"Mas, como?", perguntaria o inglês ou o espanhol ou o grego.

"Scarpa se deu mal na Inglaterra e na Grécia e Raphinha se deu bem no Leeds United e no Barcelona!".

Pois é, mas Raphinha nunca convenceu de amarelo e Scarpa tem a criatividade que falta à Seleção.

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).