Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES

Senado aprova proibição de doações de empresas

Senado aprova proibição de doações de empresas
03/09/2015 07:00 - BAND


O Senado aprovou nesta quarta-feira (2), por 36 votos a 31, a proibição de doações de empresas a campanhas eleitorais, liberando apenas doações de pessoas físicas, limitadas ao equivalente a todos os rendimentos do doador em um ano.

A proibição foi incluída no projeto da reforma política por meio de emenda proposta pelo relator do texto no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

A votação do projeto da reforma política no Senado ainda não terminou, contudo. Os senadores, que já aprovaram o texto-base e essa emenda de Jucá, ainda vão apreciar emendas que podem fazer outras modificações no texto, mas não mais relativas às doações.

Após concluída a votação no Senado, o projeto, que foi alterado na Casa, terá de voltar à Câmara dos Deputados.

Críticos do financiamento privado de campanhas eleitorais afirmam que as doações de empresas estão diretamente ligadas aos casos de corrupção como o investigado na Petrobras pela operação Lava Jato.

A própria presidente Dilma Rousseff, durante sua campanha pela reeleição no ano passado, defendeu publicamente o fim do financiamento privado.

Felpuda


Sem conseguir controlar a verborragia, figurinha estreante no mundo político-partidário, e que se acha “o último biscoito do pacote”, acabou batendo de frente com titãs da política. Primeiro perdeu os anéis e, agora, os dedos correm sérios riscos. Anda “ameaçando” deixar o lugar onde se encontra, só que por lá vem ouvindo frases como “se é por falta de adeus...”, “os incomodados que se mudem” e “não fará nenhuma falta”.

Como se vê...