Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TRANSPORTE

Queda nas vendas de caminhões

No acumulado, os números caíram 5,6% em relação ao primeiro trimestre de 2019
09/04/2020 16:28 - Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix


As vendas de caminhões novos no Brasil recuaram 0,37% em março na comparação com fevereiro, segundo dados divulgados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionárias de veículos do país. Foram emplacadas em março 6.484 unidades, ante as 6.507 registradas em fevereiro. No acumulado do ano, a queda foi de 5,6% em relação ao primeiro trimestre de 2019. No primeiro trimestre de 2020, foram emplacados 20.175 caminhões no Brasil. Na soma dos três primeiros meses de 2019, o número de emplacamentos foi de 21.376. No ranking por marca, a Mercedes-Benz liderou as vendas em março, com 34,62% de participação de mercado. O segundo lugar ficou com a Volkswagen, com 24,46%, e em terceiro veio a Volvo, com 19,46%. O segmento de pesados representou 49,81% das vendas de caminhões em março. Em segundo vem os semipesados (25,79%), seguidos dos leves (10,94%), dos médios (7,96%) e dos semileves (5,5%). Por modelo, o Volvo FH 540 foi o caminhão mais vendido do país no primeiro trimestre de 2020. Em março, a marca sueca emplacou 486 unidades do FH 540. No segmento de ônibus, foram vendidos 1.295 chassis em março, uma queda de 29,66% na comparação com as 1.842 unidades emplacadas em fevereiro. No acumulado do primeiro trimestre, foram vendidos 5.294 chassis, o que representa queda de 14,52% em relação ao mesmo período de 2019.

 

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!