Clique aqui e veja as últimas notícias!

CORONAVÍRUS

Mato Grosso do Sul passa de 6 mil óbitos por Covid-19; em 24h foram registrados 38 novas mortes

Em 24 horas também foram registrados 999 novos casos confirmados da doença
09/05/2021 12:35 - Izabela Cavalcanti


Mato Grosso do Sul atingiu a marca de 6.028 mil mortes por Covid-19 e 256,7 mil casos confirmados. Os dados constam no Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado neste domingo (9).

Somente nas últimas 24 horas, foram 38 novos óbitos e 999 diagnósticos. A taxa de letalidade do Estado está em 2,3%.

Ainda aguardam o resultado dos exames, 1,4 mil pessoas. Os casos encerrados contabilizam 5 mil e os descartados 504,7 mil. Já as pessoas recuperadas somam 240,6 mil.

Além disso, 8,9 mil pessoas cumprem isolamento domiciliar e 1.073 estão hospitalizadas.  

Do total de internados, 551 estão em leitos clínicos, sendo 413 público e 138 de particular. Em leitos de UTI estão 522 pessoas, sendo 403 no público e 119 em leitos privados.

Campo Grande continua sendo o epicentro da Covid-19 no Estado, com 96,7 mil casos. De ontem (8) para hoje foram registrados 349 novos positivos para o vírus.

Em seguida está Dourados, com 28,3 mil e 126 confirmações nas últimas 24 horas. Três Lagoas teve 97 novos positivos, contabilizando 14,3 mil casos.

Últimas notícias

Óbitos

As últimas mortes por Covid aconteceram nos municípios de Campo Grande, Sidrolândia, Corumbá, São Gabriel do Oeste, Dourados, Cassilândia, Paranaíba, Ivinhema, Antônio João, Juti, Costa Rica, Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Aparecida do Taboado, Rio Brilhante e Naviraí.

Campo Grande se destaca com 2,5 mil mortes pela doença. Dourados com 445; Três Lagoas tem 345 e Corumbá 344.

Ocupação de leitos

A ocupação global de leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) na macrorregião de Corumbá está em 100%, com 63% sendo utilizados por pacientes com Covid-19; 8 por suspeitos da doença e 29% que não tem o vírus.

Campo Grande está em 94%. Desse percentual, 65% estão sendo utilizados por pessoas já confirmadas com a doença; 6% estão com suspeita e 23% não estão com Covid-19.

Três Lagoas registrou até o momento 95% de ocupação, com 78% sendo usados por pessoas com o vírus; 2% por suspeitos e 15% não Covid.

A macrorregião de Dourados compreende 88%, sendo 58% para Covid; 4% para suspeitos e 26% sendo usado por pessoas que não tem o vírus.