Clique aqui e veja as últimas notícias!

BOLETIM CORONAVÍRUS

Semana termina com 1,9 mil novos casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul

Média móvel de casos dos últimos sete dias está em 1.202,6
22/01/2022 12:46 - Naiara Camargo


Dados do boletim epidemiológico divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) indicam que 1.916 pessoas testaram positivo para Covid-19 nas últimas 24 horas em Mato Grosso do Sul.

Com isso, o Estado totaliza 399.835 testes positivos desde o início da pandemia. A média móvel de casos dos últimos sete dias está em 1.202,6. A taxa de contágio não foi divulgada.

Dentre os casos confirmados, 187 são de Campo Grande, 156 de Maracaju, 155 de Caarapó, 144 de Corumbá, 88 de Sidrolândia, 83 de Fátima do Sul, 78 de Amambaí, 64 de Bonito, 62 de Costa Rica, entre outros municípios.

O primeiro caso da variante Ômicron foi confirmado em 14 de janeiro de Mato Grosso do Sul. 

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a disseminação da variante Ômicron é responsável pelo aumento de casos de Covid-19 no Estado.

“O aumento de casos que temos registrados desde o início do ano em Mato Grosso do Sul pode estar associado a variante Ômicron. Por isso, nós pedimos que quem ainda não se vacinou, vacine-se!", disse.

Conforme noticiado pelo Correio do Estado, os casos de Covid-19 dispararam, mas a vacinação evitou o colapso. A vacinação é responsável pela queda brusca de mortes e casos menos graves da doença.

Existem 253 pessoas hospitalizadas neste sábado (22). Dentre os internados, 179 estão em leitos clínicos (137 público; 42 privado) e 74 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (58 público; 16 privado).

A ocupação global de leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) na macrorregião de Campo Grande está em 69%, Dourados 82%, Três Lagoas 61% e Corumbá 42%.

Mato Grosso do Sul contabiliza dois óbitos nas últimas 24 horas. Com isso, totaliza 9.780 mortes desde o ínicio da pandemia. A média móvel de óbitos dos últimos sete dias é de 3,7. A taxa de letalidade é de 2,5%.