Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MUDANÇA NO TEMPO

Após longo período de estiagem, chuva volta a cair nesta semana e frio chega dia 18

Tempo começa sem grandes mudanças, com umidade abaixo de 20%, mas muda a partir de sexta
09/08/2020 15:33 - Glaucea Vaccari


Após um longo período de estiagem, de quase um mês, a chuva volta a cair no fim desta semana em Mato Grosso do Sul. 

De acordo com dados da estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não chove em Campo Grande desde o dia 15 de julho. 

A semana começa sem grandes mudanças no tempo em Mato Grosso do Sul, com calor e baixa umidade, devido a um bloqueio atmosférico.  

Conforme o Centro de Monitoramento do Clima e do Tempo (Cemtec), de segunda até quinta-feira (13), os dias terão grande amplitude térmica, ou seja, temperaturas mais baixas durante a noite e amanhecer, com elevação ao longo do dia.

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta devido ao tempo seco, com umidade abaixo de 20%, índice considerado estado de alerta e prejudicial à saúde em todo o Estado.

Calor deve ser intenso, com máxima prevista de 39°C durante a semana, e sensação térmica acima de 40°C. 

Em Campo Grande, temperaturas oscilam entre 18°C e 36°C.

Ainda segundo o alerta do Inmet, o tempo extremamente seco e o calorão traz também risco de incêndios florestais. 

Orientação é umidificar ambientes, beber bastante líquidos, evitar desgaste físico nas horas mais secas e evitar exposição ao sol nas horas mais quentes do dia. 

Mudança

A partir de sexta-feira (14), as condições de tempo começarão a mudar, com formação de áreas de instabilidade e previsão de chuvas para municípios das regiões do Pantanal, sudoeste, sul e centro, sendo mais fortes no sul.

Entre os dias 15 e 21 de agosto, chuvas devem se espalhar pelo Estado e ser de maior intensidade, com acumulados altos para o período e possibilidade de temporais, com chuvas intensas, ventos fortes e queda de raios.

A mudança é devido ao enfraquecimento do bloqueio atmosférico e formação de cavados e um sistema de baixa pressão.

O calorão deve ser amenizado na próxima semana, quando uma frente fria chega ao Mato Grosso do Sul e derruba temperaturas, entre os dias 18 e 23 de agosto. Mínima prevista para o período é de 10°C e máxima de 27°C.

 
 

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!