Clique aqui e veja as últimas notícias!

INOVAÇÃO

Registro Veicular e de Licenciamento de Veículos serão totalmente digital e unificados a partir do ano que vem

A inovação pretende reduzir custos, tanto para o proprietário, quanto para o órgão regulador
24/12/2020 11:29 - Naiara Camargo


A partir de 4 de janeiro do ano que vem, o Certificado de Registro Veicular (CRV) e Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) serão unificados em um mesmo documento, de forma digital: o CRLV-e.

O objetivo é proporcionar segurança aos proprietários, reduzir custos e desburocratizar o sistema. A nova medida valerá para todo o país. 

Últimas notícias 

Hoje em dia, é cobrado um valor de R$ 414,76 para emitir segunda via do CRV, além da vistoria, que custa R$ 177,45. Com a inovação, o condutor poderá solicitar a declaração sem pagar nada.

A versão digital contém um QR Code, que permite ao proprietário optar por usar o formato digital ou baixá-lo e imprimi-lo.

A determinação é do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), após a Seguradora Líder deixar de fornecer o papel-moeda para impressão do registro.

“As pessoas estão habituadas a ter o recibo naquele papel verde, como algo de muito valor. Há receio até mesmo no ato do preenchimento, porque no caso de rasura, o proprietário precisa tirar uma segunda via e pagar a mais por isso”, disse Loretta Figueiredo, diretora de Veículos Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS).

“Com o novo formato, isso chega ao fim porque o processo de preenchimento do documento unificado será feito diretamente no sistema do Detran”, finaliza.

“Sabemos que toda mudança traz impactos, mas trata-se de um importante momento de evolução e desburocratização do sistema, que passa a ter seu funcionamento em formato digital”, afirma Rudel Trindade, Diretor Presidente do Detran-MS.

Assine o Correio do Estado

Calendário de licenciamento 2021

Já foi publicado o calendário de vencimento do licenciamento anual do ano de 2021 pelo Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS)

Para o ano que vem, há uma novidade: substituição do documento impresso pelo digital.

Com a modernização do sistema do Detran-MS, agora há possibilidade de executar serviços de forma online por meio do Portal “Meu Detran”.

O objetivo é reduzir os serviços presenciais em meio à pandemia da Covid-19, e evitar o deslocamento desnecessário de clientes.

A partir de abril do ano que vem, os usuários deverão emitir o licenciamento eletrônico (CRLV-e) exclusivamente no aplicativo do Detran ou no portal de serviços da internet, disponível aqui.

Após o pagamento, os proprietários devem imprimir o CRLV-e (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo Eletrônico) no papel comum (A4), disponível na aba “Baixa de CRVL”, também no portal.

Também há a opção de guardar a versão digital do documento no aparelho celular, por meio do aplicativo CDT (Carteira Digital de Trânsito).

Segundo o Detran, o documento impresso no papel comum tem a mesma validade que o modelo antigo e conta com os mesmos campos de observações sobre o veículo e informações sobre o seguro DPVAT (Danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre). 

“A impressão do documento em casa, implantada em julho, foi responsável pelo crescimento nas quitações de licenciamentos”, disse Rudel Trindade Júnior, diretor presidente do Detran.

“De maneira totalmente digital e com total segurança, essa é uma das facilidades que proporcionamos aos clientes e que continuará evitando o deslocamento desnecessário às agências”, acrescenta.

PLACA FINALMÊS
1 e 2ABRIL
3MAIO
4 e 5JUNHO
6JULHO
7 e 8AGOSTO
SETEMBRO
OUTUBRO