Clique aqui e veja as últimas notícias!

DECRETO

Para evitar aglomerações, Prefeitura interdita Esplanada Ferroviária

Decreto com medidas específicas para o Carnaval foi publicado nesta sexta-feira
12/02/2021 14:02 - Rafaela Moreira


A Prefeitura de Campo Grande instalou tapumes na região da Esplanada Ferroviária, para evitar qualquer tipo de aglomeração na região, conforme edição extra do Diário Oficial da Capital (Diogrande). 

A região, que há anos vira palco para as festividades de Carnaval na Capital, foi interditada nesta sexta-feira (12) e segue até o dia 19 de fevereiro. 

A Guarda Civil Metropolitana (GCM), em parceria com a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e a Polícia Militar, vai realizar o fechamento de algumas vias naquela região, para garantir que não haja qualquer tipo de aglomeração.

Últimas Notícias

A Prefeitura também alerta que irá redobrar o patrulhamento nos Altos da Afonso Pena, Mirante do Aeroporto, Orla Morena, Lagoa Itatiaia e Praça do Papa.

Conforme o decreto, fica proibido o consumo de produtos e bebidas em lojas de conveniência e o compartilhamento de objetos, como narguilés e tererés.

A Prefeitura também proíbe a realização de festas e eventos, tais como blocos de carnaval, manifestação cultural carnavalesca, shows musicais em geral e similares, seja em espaço público ou privado de uso coletivo, com ou sem acesso ao público em geral, inclusive em logradouros, clubes, salões e congêneres. 

As medidas têm como objetivo preservar a população e evitar o contágio do novo coronavírus, diante da pandemia da Covid-19.

TOQUE DE RECOLHER 

O horário do toque de recolher no município também foi alterado e passa a valer das 23h às 5h. Anteriormente a restrição era estabelecida das 22h às 5h.

A nova medida acompanha a classificação do Governo do Estado, que também diminui o horário restritivo aos municípios que estão classificados com as bandeiras verde, amarela e laranja, segundo o programa Prosseguir.  

Durante o período, é vedada a circulação de pessoas, salvo em razão de trabalho, serviços emergenciais, emergência médica ou urgência inadiável.

O toque de recolher não é aplicado a postos de combustíveis, farmácias e serviços de saúde, que podem funcionar em horário estabelecido no alvará de localização e funcionamento, assim como aos serviços de delivery, de coleta de resíduos e ações destinadas ao enfrentamento da Covid-19.

Shoppings podem funcionar diariamente das 10h às 22h, enquanto o varejo em geral é das 8h às 21h.

Assine o Correio do Estado