Clique aqui e veja as últimas notícias!

ESCOLAS MUNICIPAIS

Suspensão de aulas presenciais da Rede Municipal de Ensino é prorrogada até julho

O decreto faz parte das ações adotadas pela prefeitura de Campo Grande para combater a disseminação do vírus
04/02/2021 14:50 - Thais Libni


As aulas presenciais na rede de ensino Municipal de Campo Grande continuarão suspensas até o dia 1º de Julho de 2021.  

A prorrogação da suspensão das aulas presenciais das escolas da Rede Municipal, foi publicada no Diário Oficial de Campo Grande desta quinta-feira (04).

Últimas Notícias

Conforme o decreto, a decisão faz parte das medidas de enfrentamento a situação de emergência, devido à pandemia da Covid-19.

Em primeiro momento, as aulas serão completamente remotas para todas as turmas, por causa da pandemia da Covid-19, mas a Secretaria Municipal de Educação (Semed) já avalia quando haverá a volta de forma híbrida, com atividades remotas e outras presenciais.  

A titular da Pasta, Elza Fernandes Ortelhado, avalia que neste ano não deve haver a volta de 100% dos estudantes de forma presencial.

Segundo a secretária, apesar de vacina, o retorno de todos os alunos para a sala de aula juntos ainda está longe de ser uma realidade. 

“Em virtude da quantidade de alunos que nós temos por sala, que é um número significativo. Então não devemos atingir o 100% presencial este ano”, afirmou Fernandes.

Atualmente, a Reme tem, aproximadamente, 75 mil alunos no Ensino Fundamental, cerca de 30 mil na educação infantil, além de uma escola que atende o Ensino Médio.  

A mudança para o sistema híbrido ainda não tem previsão para que aconteça, segundo a secretária. “Estamos acompanhando a evolução dos casos com a Secretaria de Saúde, mas ainda não sabemos quando deve voltar a ter aulas presenciais”.

“Vamos continuar com o ensino como foi feito no ano passado, com as aulas 100% on-line, com ferramentas como o caderno de atividades, que terá a impressão unificada e distribuída nas escolas aos alunos, também pela TV Reme no canal 4.2 e na Rádio Reme pelo YouTube, além de outros aplicativos”, completou a secretária.

Assine o Correio do Estado