Clique aqui e veja as últimas notícias!

CARNAVAL EM CASA

Fim de semana tem live do Cordão Valu e dicas de séries para curtir o feriado em casa

Live terá show da Charanga do Cordão Valu, banda de sopro especializada nas marchinhas tradicionais
12/02/2021 13:00 - Naiane Mesquita


Em outros anos, neste momento, os bloquinhos já estavam prontos para ocupar a Esplanada Ferroviária de Campo Grande. Porém, com a pandemia do novo coronavírus, o jeito vai ser curtir as marchinhas tradicionais do Cordão Valu em casa.

Para celebrar a festa mais popular do País, o Cordão Valu fará transmissões ao vivo pelas redes sociais – YouTube, Facebook e Instagram – neste sábado e na terça-feira (16), às 19h, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) e a Prefeitura Municipal de Campo Grande. De acordo com a assessoria de imprensa do bloco, para garantir a segurança de todos os envolvidos e evitar aglomerações, as medidas de prevenção foram reforçadas e a transmissão será feita de um estúdio, com a presença somente dos artistas convidados, e não haverá mais o corso carnavalesco, ou seja, o desfile presencial com integrantes do bloco.

No sábado, quem anima a live é a Charanga do Cordão Valu, banda de sopro responsável pelas marchinhas, com participações especiais de Edir Valu, Marta Cel, Bateria da Igrejinha e a Corte Carnavalesca de Campo Grande. Na terça-feira, é a vez do show do Grupo Sampri.

Mais informações sobre a programação do Carnaval 2021 do Cordão Valu no Instagram @cordaovalu.

Capivara Blasé

O Capivara Blasé lançará uma websérie sobre a trajetória do bloquinho, que nasceu em 2014. O material audiovisual intitulado “Capivara Blasé: a Rua É do Povo” será lançado no domingo nas redes sociais do bloco, como no endereço do Instagram @capivarablase.

Atriz e uma das organizadoras do bloco, Angela Montealvão, explicou em entrevista ao Correio do Estado, que o propósito do grupo é conscientizar os foliões e evitar aglomerações durante o período em que ocorreria a festa. “Nós estamos com uma ação nas redes sociais, o Manifesto Capivara, e nós estaremos movimentando a rede, relembrando os carnavais passados e buscando a interação com o nosso público de forma virtual, mas sobretudo conscientizando a galera, o bando, para não sair de casa, para ficar em casa no Carnaval, para esperar esse momento passar”, explica Angela.