Economia

CAMPO GRANDE

Mesmo com IGP-M negativo, aluguel acumula alta de 4%

Índice aponta elevação de 9,24% no primeiro semestre de 2023 para aluguéis de casas e apartamentos no País

Continue lendo...

Mato Grosso do Sul apresenta patamar equilibrado nos valores de locação de imóveis residenciais nos primeiros seis meses deste ano.

De acordo com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Mato Grosso do Sul (Creci-MS), a média de aumento acumulada no período em Campo Grande é de 4% a 5%.

O porcentual é a metade da média nacional, que registrou alta de 9,24% até junho, conforme o índice FipeZAP+.

Mesmo que o valor esteja bem abaixo da média brasileira, ainda está acima da inflação oficial, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que no País foi de 2,87% e na Capital ficou em 2,91% no acumulado de janeiro a junho. 

O preço médio de aluguel apresentado por metro quadrado é de R$ 40,03 em cerca de 25 cidades, de acordo com o índice FipeZAP+ do mês de junho.

A vice-presidente do Creci-MS, Simone Leal, explica que o cenário é positivo no Estado, e um dos fatores para isso é o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M). 

“Nos últimos três meses, o IGP-M está negativo, então, aqueles contratos que tiveram o índice como indexador estão com deflação, fazendo com que teoricamente não haja aumento”, frisa.

Ela ressalta que é importante considerar o índice utilizado e também uma data-base. A vice-presidente do Creci-MS acrescenta que em Mato Grosso do Sul o aumento do preço dos aluguéis de imóveis residenciais é de, em média, 4% a 5%, ressaltando que o cenário é favorável. 

“Após a pandemia, muitas pessoas permaneceram no formato home office e perceberam que precisavam de um espaço maior. Hoje, muitos procuram por casas e apartamentos maiores, resultando no aquecimento do segmento de locação”, justifica.

Para o diretor de locação do Sindicato dos Corretores de Imóveis de Mato Grosso do Sul (Sindimóveis-MS), Celso Barros, o mercado está se movimentando. 

“Estamos com número insuficiente de imóveis para locação, tendo em vista que Mato Grosso do Sul vem ampliando as instalações de empresas de grande porte, permitindo e justificando, assim, a aplicação de correções sem que haja impacto negativo”, aponta.

Quem também avalia positivamente o panorama é o presidente do Sindicato da Habitação de Mato Grosso do Sul (Secovi-MS), indicando que o aluguel não está subindo acima da inflação no Estado, em comparação com o período anterior à pandemia.

“Com a recuperação das atividades, proprietários estão recompondo as concessões que fizeram durante a pandemia aos inquilinos. Se considerarmos um período mais curto [um ano], realmente houve variação acima da inflação, mas, se considerarmos as negociações ocorridas durante o período de pandemia, não há oneração nos aluguéis”, justifica. 

Outro ponto evidenciado pelo empresário do setor imobiliário é o fato de o mercado de locação estar bastante aquecido, em razão dos juros cobrados em financiamentos imobiliários fora das faixas de programas de governo, o que resulta no reaquecimento das locações.

CORREÇÃO

Utilizado com frequência no setor imobiliário, o IGP-M é um dos índices responsáveis pela medição de preços no País em diferentes segmentos e atividades econômicas.

Os aluguéis são exemplo de utilização do IGP-M, também conhecido como “inflação do aluguel”. Sua base usa uma média aritmética que considera três outros indicadores: o Índice de Preço por Atacado (IPA), o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), geralmente utilizado para reajustar contratos de locação residencial e comercial.

Gestor imobiliário e perito avaliador, João Araújo explica que o aluguel residencial com aniversário neste mês pode ter reajuste de -6,86% – o porcentual corresponde à variação de 12 meses do IGP-M, calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

De acordo com a FGV, o IGP-M de junho deste ano registrou variação de -1,93%, contribuindo para o acumulado dos últimos 12 meses, que está em -6,86%. 

“Quando o aluguel se mantém negativo, não se altera a correção monetária do aluguel, caso isto esteja acordado no contrato de locação entre as partes – locador e locatário”, pontua o gestor imobiliário.
Vale destacar que em 2020 o IPCA passou a ser adotado em novos contratos, em razão da volatilidade do IGP-M, que estava alto, duplicando os aluguéis, o que gerou a mudança da correção monetária para IPCA por ser mais barato.

Araújo ainda detalha como o cálculo do reajuste do aluguel é feito: “Valor do aluguel somado ao porcentual acumulado em 12 meses do indicador e multiplicado pelo valor do aluguel, resultando no valor reajustado”.

Loteria

Resultado da Lotomania 2649 de hoje, sexta-feira (19/07); veja os números

Prêmio estava estimado em R$ 9,3 milhões; confira se você foi sortudo

19/07/2024 19h18

Confira o resultado da Lotomania

Confira o resultado da Lotomania Foto: Divulgação

Continue Lendo...

A Caixa Econômica Federal sorteou as 20 dezenas do concurso 2649 da Lotomania na noite desta sexta-feira (19), no Espaço da Sorte, em São Paulo.

O prêmio estava estimado em R$ 9,3 milhões.

Números sorteados no concurso 2649: Confira o resultado

  • 31 - 85 - 82 - 53 - 92 - 75 - 27 - 58 - 07 - 43 - 87 - 36 - 12 - 73 - 45 - 68 - 51 - 95 - 64 - 09

Verifique sua aposta e veja se você foi um dos sortudos deste concurso.

O rateio, que é o número de acertadores e o valor que cada acertador irá receber, será divulgado em breve pela Caixa Econômica Federal.

Os sorteios são transmitidos ao vivo pelo canal do Youtube da Caixa.

Como jogar na Lotomania

Os sorteios da Lotomania são realizados às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 19h (horário de MS).

O apostador  marca entre 50  números, dentre os 100 disponíveis no volante, e fatura prêmio se acertar 20, 19, 18, 17, 16, 15 ou nenhum número.

Há a possibilidade de deixar que o sistema escolha os números para você por meio da Surpresinha, ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos através da Teimosinha.

Outra opção é efetuar uma nova aposta com o sistema selecionando os outros 50 números não registrados no jogo original, através da Aposta-Espelho.

O preço da aposta é único e custa  R$ 3,00.

Premiação

Caso não haja acertador em qualquer faixa, o valor acumula para o concurso seguinte, na respectiva faixa de premiação.

Os prêmios prescrevem 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, os valores são repassados ao tesouro nacional para aplicação no FIES - Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.

Não deixe de conferir o seu bilhete de aposta.

A quantidade de ganhadores da Lotomania e o rateio podem ser conferidos aqui.

Assine o Correio do Estado

Loteria

Resultado da Dupla-Sena 2690 de hoje, sexta-feira (19/07); veja os números

Prêmio estava estimado em R$ 5,8 milhões; confira se você foi sortudo

19/07/2024 19h14

Confira o resultado da Dupla-Sena

Confira o resultado da Dupla-Sena Foto: Arquivo

Continue Lendo...

A Caixa Econômica Federal sorteou as seis dezenas do concurso 2690 da Dupla-Sena na noite desta sexta-feira (19), no Espaço da Sorte, em São Paulo.

O prêmio estava estimado em R$ 5,8 milhões.

Números sorteados no concurso 2690: Confira o resultado

Primeiro sorteio

  • 11 - 32 - 03 - 08 - 29 - 48

Segundo sorteio

  • 13 - 12 - 23 - 28 - 35 - 21

Verifique sua aposta e veja se você foi um dos sortudos deste concurso.

O rateio, que é o número de acertadores e o valor que cada acertador irá receber, será divulgado em breve pela Caixa Econômica Federal.

Os sorteios são transmitidos ao vivo pelo canal do Youtube da Caixa.

Como jogar na Dupla-Sena

A Dupla-Sena tem três sorteios semanais: às segundas, quartas e sextas, às 19h (horário de MS).

O apostador deve marcar de 6 a 15 números dentre os 50 disponíveis no volante e torcer.

Caso prefira o sistema pode escolher os números para você através da Surpresinha ou ainda pode concorrer com a mesma aposta por 2, 3, 4, 6, 8, 9 ou 12 concursos consecutivos com a Teimosinha.

Com apenas um bilhete da Dupla Sena, você tem o dobro de chances de ganhar: são dois sorteios por concurso e ganha acertando 3, 4, 5 ou 6 números no primeiro e/ou segundo sorteios.

O preço da aposta com 6 números é de R$ 2,50.

É possível marcar mais números. No entanto, quanto mais números marcar, maior o preço da aposta.

Premiação

Caso não haja acertador em qualquer faixa, o valor acumula para o concurso seguinte, na respectiva faixa de premiação.

Os prêmios prescrevem 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, os valores são repassados ao tesouro nacional para aplicação no FIES - Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.

Não deixe de conferir o seu bilhete de aposta.

A quantidade de ganhadores da Dupla-Sena e o rateio podem ser conferidos aqui.

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).