Clique aqui e veja as últimas notícias!

VIOLÊNCIA POLICIAL

Policiais de Bonito flagrados agredindo turista são afastados pelo governador

Azambuja afirmou que conduta de policiais militares, que espancaram turista, é inadmissível
23/11/2020 09:36 - Eduardo Miranda


O governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), determinou o afastamento imediato do segundo tentente da Polícia Militar, André Luiz Leonel, que agrediu uma turista, mãe de uma criança autista, no fim de setembro em Bonito, cidade distante 326 quilômetros de Campo Grande.  

A agressão só foi revelada na noite de sábado, e a decisão do governador ocorre um dia depois de a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul ter informado que abriria um inquérito policial militar, e que relativiza as agressões, informando que a vítima era suspeita de ameaça, desacato, danos ao patrimônio, resistência à prisão e embriaguez. 

Acompanhe as últimas notícias 

Além de Leonel, toda a equipe que atuou na ocorrência foi afastada de suas funções, informa o governo de Mato Grosso do Sul.  

As imagens mostram o policial agredindo a vítima - tratada como suspeita pela PM -  com chutes e socos. A mulher estava sentada em uma das cadeiras do quartel da PM. 

O policial que estava ao lado de André Luiz Leonel nada fez, e ele só foi contido por uma mulher policial.  

Em nota oficial, Azambuja informou que ainda que tenha havido ocorrência de desacato e agressão aos policiais são inadmissíveis a violência extrema e a conduta empregada na ação policial. “Já estão sob rigorosa investigação”, concluiu o governador, em nota.  

O vídeo do policial militar agredindo a mulher ganhou o Brasil na noite deste domingo, tornando um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.  

A detenção da mulher ocorreu após um desentendimento em um restaurante de Bonito. Mãe de uma criança autista, a vítima teria cobrado um pouco mais de celeridade na entrega do pedido, o que desencadeou a crise, que só terminou com a Polícia Militar retirando a vítima da pousada em que ela estava hospedada.  

Veja a nota na íntegra:

O governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, determinou o afastamento imediato dos policiais militares envolvidos em casos de violência registrados no atendimento de ocorrências em Bonito e Bodoquena.

Para o governador, ainda que tenha havido ocorrência de desacato e agressões aos policiais, são inadmissíveis a violência extrema e a conduta empregada na ação policial nestes casos, que já estão sob rigorosa investigação, em Inquérito Policial Militar – IPM.

 
Policial militar agride turista a socos e chutes em Bonito - Redes sociais