Cidades
EDUCAÇÃO

Exercícios podem ser feitos em momentos de nervosismo, intervalos de estudos ou antes de começar a prova

Uma rotina de alimentação leve e boas noites de sono estão entre as dicas que ajudam o candidato a ficar mais tranquilo

Agência Brasil

18/11/2021 08:17

Primeiro, pare tudo que estiver fazendo. Depois, sente-se em um local silencioso. Preste atenção na respiração. Inspire em quatro segundos, segure o ar por dois segundos e solte o ar em quatro segundos. Repita essa respiração algumas vezes. Preste atenção em cada parte do corpo, começando pelo dedo do pé, e, devagar, vá subindo até o topo da cabeça. Pense que cada parte está relaxando. Por fim, imagine uma luz dourada envolvendo todo o corpo.  

Quem ensina o exercício, que pode durar 5 minutos, é a diretora da escola Teia Multicultural, Georgya Correa. O objetivo é acalmar e compensar as emoções. Algo essencial na reta final para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que começa a ser aplicado no próximo domingo (21).  

“Tem momentos que os estudantes estão mais descompensados, com ansiedade e nervosismo. É sabido que quando a pessoa está nervosa e mais agitada, a parte intelectual dela está menos conectada. Ela está mais no lugar das emoções fortes. Consegue pensar e raciocinar menos. Trazer esse estado de calma [é importante] para conseguir conectar com o que precisa, que é o racional, no momento do exame”, diz Georgya.

Últimas notícias