Empregos e Carreira

MATO GROSSO DO SUL

Vagas em curso de silvicultura é 'mão de obra' para desenvolvimento no vale da celulose

Qualificação de nível superior focada na prática profissional, tem inscrições abertas até 12 de junho para quem busca título de tecnólogo reconhecido pelo MEC

Continue lendo...

Encerra na próxima quarta-feira (12) o prazo para inscrição para processo seletivo do curso de silvicultura que, em dois anos e meio, dá título de tecnólogo (qualificação de nível superior), criando força de trabalho para o desenvolvimento sustentável. 

As inscrições estão disponíveis através do Portal da Pró-Reitoria da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) onde é possível encontrar os respectivos editais do processo seletivo e preencher a lista com os seguintes documentos: 

  1. Autodeclaração étnica, quando for o caso (Anexo III);
  2. Histórico Escolar do Ensino Médio ou Certificado de Conclusão do Ensino Médio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA) emitido pelas instituições certificadoras (Secretarias Estaduais de Educação ou Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia);

Ao todo são 40 vagas ofertadas, distribuídas entre 20 gerais e 20 destinadas para colaboradores(as) da empresa parceira conveniada MS Florestal. 

Vale lembrar que o curso foi lançado ainda em 15 de março, fruto de um convênio entre a empresa MS Florestal e o próprio Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, para capacitação presencial em Água Clara. 

Na ocasião, Eduardo Riedel; secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Jaime Verruck e representantes da MS Florestal se reuniram no Bioparque Pantanal para o lançamento da PantanalTECHMS.

Reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) como qualificação superior, o título de tecnólogo se destaca pela menor duração, cerca de dois anos e meio, com o início das aulas programado para o segundo semestre deste ano. 

Processo aberto à toda população, o próprio secretário Jaime Verruck destacou à época do lançamento que a medida vai em direção à demanda detectada: mão de obra especializada. 

"[Em trabalho com o setor] criamos a rede de excelência de serviços florestais... dentro, detectamos qual o conjunto de lacunas que temos na formação profissional e um deles era a de técnicos de silvicultura. Criou o curso na região de Água Clara que entendemos que é a mais central, propiciando atendimento a todos os Estados e caso necessário outros serão feitos", disse. 

Tecnologia e sustentabilidade

Como frisa o presidente do Sindicato Rural de Campo Grande (SRCG), Alessandro Coelho, a forma de trabalhar a terra está sendo transformada pelo rápida evolução da tecnologia, sendo que não se pode largar a mão da responsabilidade ambiental. 

"Para garantir que nossos agricultores estejam preparados para enfrentar essas mudanças e maximizar seu potencial, os cursos de todos os níveis de formação se tornam primordiais. Esses cursos não apenas fomentam a pesquisa, mas também os capacitam a adotar práticas sustentáveis que promovem o desenvolvimento responsável do setor agrícola", expõe.

Gerente de Relações Institucionais, Governamentais e com Comunidades da MS Florestal, Marisa Coutinho é categórica em apontar que o curso não atende só o setor, como também esse compromisso, encarado como responsabilidade. 

"Representa nosso compromisso tangível com o desenvolvimento sustentável e a responsabilidade social. Estamos orgulhosos de construir, por meio desta parceria, uma oportunidade tão valiosa quanto este ensino superior para nossa comunidade", diz.

Em complemento, a gerente de Recursos Humanos da MS Florestal, Amanda Barrera, aponta que o efeito de se ofertar ensino com foco sustentável é justamente uma gama maior de habilidades que enriquece o mercado de trabalho. 

"Ao fornecer acesso a uma educação de qualidade nesta área crucial, estamos capacitando indivíduos a se tornarem líderes no manejo sustentável de nossas florestas", cita. 

Assine o Correio do Estado

oportunidade

Concursos abertos em Mato Grosso do Sul somam mais de 550 vagas; confira

Há ainda mais de 10,6 mil vagas em concursos já confirmados, mas que ainda não abriram inscrição; oportunidades são em várias cidades e níveis de educação

12/07/2024 16h46

Continue Lendo...

Concursos públicos com inscrições abertas ou previstas somam mais de 550 vagas em Mato Grosso do Sul.

Há oportunidades para diversos cargos e diferentes níveis de escolaridade, tanto em processos locais, quando de nível nacional, mas com vagas para o Estado.

Vários municípios tem processos abertos.

Confira algumas oportunidades:

Prefeitura Municipal de Inocência

A Prefeitura de Inocência está com inscrições abertas para concurso público de nível alfabetizado, fundamental, médio, médio-técnico e superior.

São 176 vagas em 69 cargos:

  • Auxiliar de serviços Diversos (5),
  • Cozinheiro (1),
  • Gari (20),
  • Guarda (5),
  • Zelador (2),
  • Coveiro (2),
  • Servente de Pedreiro (1),
  • Padeiro (2),
  • Jardineiro (2),
  • Recepcionista (4),
  • Motorista (15),
  • Auxiliar de Odontologia (1),
  • Técnico de Enfermagem (3),
  • Advogado (1),
  • Analista Administrativo (10),
  • Arquiteto (1),
  • Cirurgião Dentista (2),
  • Bioquímico (1),
  • Engenheiro Civil (1),
  • Farmacêutico (1),
  • Fonoaudiólogo (1),
  • Psicólogo (1),
  • Médico (2 vagas + 5 CR),
  • Professor de Educação Física (2),
  • Professor de Artes (2), entre outros.

Os salários variam de R$ 916,08 a R$ 26.360,18. Todo cargo com remuneração inferior a um salário mínimo será equiparado por lei. A carga horária semanal é de 20h, 30h e 40h, dependendo do cargo.

As inscrições devem ser feitas até o dia 15 de agosto, exclusivamente pela internet. A prova objetiva será realizada em 22 de setembro.

A taxa de inscrição é de R$ 60 para cargos de nível fundamental completo/incompleto, R$ 90 para nível médio e R$ 120 para nível superior. 

Prefeitura de Dourados

A prefeitura de Dourados divulgou edital do concurso público para o provimento de 191 vagas, além do banco de reserva, para cargos de nível fundamental, médio/técnico e de nível superior.

Os salários variam de R$ 1.321,28 a R$ 11.162,64.

As inscrições serão abertas no dia 15 de julho e seguem até as 23h59 do dia 9 de setembro e devem ser realizadas pelo site do Instituto Ibest - banca avaliadora do certame. As taxas vão de R$ 60 a R$ 120 

As provas objetivas estão previstas para o dia 20 de outubro. Para os aprovados na prova objetiva, haverá também prova de títulos.

O edital destaca vagas para médico, assistente social, fisioterapeuta, economista, nutricionista, terapeuta ocupacional, psicólogo indígena, educador físico, entre outras oportunidades para nível superior.

Para o nível médio, serão ofertadas, vagas como técnico de radiologia, técnico de segurança do trabalho, técnico de enfermagem, agente de combate às endemias, entre outros. As oportunidades para nível fundamental são: auxiliar de farmácia, auxiliar de odontologia, motorista de veículo pesado. 

Senappen 

A Secretaria Nacional de Processos Penais (Senappen) está com inscrições abertas em processo seletivo simplificado que oferece 130 vagas temporárias para cargos em obras e serviços de engenharia, destinados à construção, reforma, ampliação e ao aprimoramento de estabelecimentos penais.

Os salários variam de R$6.242,41 a R$8.293,82, mais benefícios.

Ao todo, serão aplicadas as provas em 5 municípios, sendo eles: Campo Grande (MS), Brasília (DF), Porto Velho (RO), Mossoró (RN) e Cascavel (PR), no entanto, as lotações dos aprovados serão apenas em Brasília. 

As inscrições devem ser feitas no portal do Instituto Avalia até o dia 12 de agosto, com taxa de R$80.

Confira o edital completo no site da banca avaliadora.

Ministério da Pesca e Aquicultura

Ministério da Pesca e Aquicultura está com inscrições abertas em concurso público com 264 vagas, sendo duas em Mato Grosso do Sul. O salário para todos os cargos é de R$ 6.130, com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. 

a taxa é de R$ 62 e as inscrições podem ser feitas até o dia 25 de julho, o site do Instituto de Desenvolvimento Educacional Cultural e Assistencial Nacional (Idecan).

As vagas são destinadas a profissionais com nível superior completo, abrangendo mais de 20 perfis profissionais, incluindo uma vaga para qualquer área de formação superior.

No Estado, as vagas são para lotação na Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura (SFPA) em Campo Grande.

Todas as 264 disponível no País são destinadas a profissionais com nível superior completo, abrangendo mais de 20 perfis profissionais, além da destinada a qualquer área de formação superior.

A prova está prevista para o dia 11 de agosto, das 13h às 17h no horário local. Além de Campo Grande, a aplicação ocorrerá na capital dos outros 25 estados e no Distrito Federal.

Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti

A Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti abriu inscrições para concurso público, tendo como objetivo o preenchimento de 178 vagas. 

Há portunidades para cargos de diversos níveis de escolaridade, com jornadas de 20 a 40 horas semanais e remuneração mensal de R$ 1.626,33 a R$ 14.978,21, de acordo com o cargo.

Os interessados poderão se inscrever até o dia 5 de agosto de 2024, pelo site da Fapec. Será cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 90 a R$ 130.

A classificação dos candidatos será feita por meio de prova escrita objetiva, prevista para o dia 25 de agosto de 2024, e prova de títulos.

Para os cargos de motorista, motorista de transporte escolar e operador de máquinas haverá prova prática.

Confira o edital completo. 

Câmara de Bonito

A Câmara Municipal de Bonito tem concurso aberto com 11 vagas imediatas, além de cadastro reserva.

As oportunidades são destinadas para funções de níveis fundamental, médio, técnico e superior, com salários que variam de R$ 1.742,74 a R$ 9.022,99.

Para nível fundamental, as vagas são para copeira, vigilante e zelador. Nível médio tem vagas para assistente de informática, auxiliar de administração, recepcionista e secretário executivo. Já as vagas para analista de controle interno, assistente jurídico, controlador interno, contador e técnico legislativo.

As inscrições poderão ser efetuadas até o dia 22 de julho, através do site da banca organizadora IAN, ao custo de R$ 90,00 a R$ 150,00.

As provas serão aplicadas em 20 de outubro.

Concursos previstos

Polícia Civil 

Ainda sem data divulgada, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul terá um novo concurso público. O delegado-geral da Polícia Civil do Estado, Lupérsio Degerone Lúcio, confirmou a realização do certame, que terá 400 vagas, sendo 300 para investigador e 100 para escrivão.

Segundo o delegado, o pedido formal já foi protocolado, mas ainda não há data para abertura das inscrições ou divulgação do edital.

Uma das novidades esperadas para o certame é a possibilidade de inscrição de pessoas com cursos tecnológos, que foi reconhecido pelo Ministério da Educação como ensino superior. No entanto, a Assembleia Legislativa ainda precisa aprovar o projeto de lei que prevê esta possibilidade.

O delegado-geral não deu detalhes, mas disse que as tratativas junto a Secretaria Estadual de Segurança Pública e ao Governo do Estado "estão avançadas".

Os salários e demais especificações de cada cargo serão digulvados em edital.

Educação em Campo Grande

Em junho, a Câmara Municipal de Campo Grande aprovou projeto de lei da Prefeitura de Campo Grande que prevê um concurso público com 10.210 vagas para a área da educação.

De acordo com o texto, os cargos já existem e estão atualmente sendo preenchidos por contratados temporários por meio de processos seletivos, que serão substituídos pelos concursados.

Veja a distribuição abaixo:

  • Assistente Administrativo II – 600 vagas
  • Assistente de Inclusão Escolar – 2.600 vagas
  • Auxiliar de Serviços Diversos – 1.600 vagas
  • Merendeira – 1.200 vagas
  • Monitor de Alunos – 4.200 vagas
  • Técnico Agrícola – 10 vagas

O projeto não especifica os salários nem as datas das provas. Todas as vagas foram divididas entre seis funções vinculadas à Secretaria Municipal de Educação.

Assembleia Legislativa 

Na última quinta-feira (11), a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) divulgou que, após cerca de 12 anos, deverá ser realizado concurso público ainda neste ano.

Foram anunciadas mudanças no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, que indica uma reformulação no quadro pessoal, com extinção imediata de 371 cargos efetivos e outros 54 que serão extintos de forma gradual, com uma redução de 425 cargos. 

A proposta visa criar um terceiro quadro para os cargos em extinção, conforme o texto da proposta, os 488 efetivos restantes serão consolidados em apenas dois: 

  • Analista Legislativo (nível superior) e 
  • Técnico Legislativo (nível médio),

Até então, com base na Lei n.º 4.090/2011, os cargos eram divididos nas seguintes escolaridades: superior (303 cargos), médio (343 cargos), elementar (172 cargos) e Apoio Técnico (95 cargos). 

Como bem esclarece a proposta, o ingresso nos cargos efetivos acontecerá por meio de aprovação e classificação em concurso público, que está confirmado para o segundo semestre. 

MATO GROSSO DO SUL

Assembleia Legislativa prevê concurso público para segundo semestre

Normativas passam por revisão após 12 anos, sendo que último certame público para 80 vagas na Assembleia foi em 2016 e concluiu posses há quatro anos

11/07/2024 11h01

Reformulação de pessoal terá redução de 425 cargos, sendo que haverá um terceiro quadro para funções em extinção

Reformulação de pessoal terá redução de 425 cargos, sendo que haverá um terceiro quadro para funções em extinção Gerson Oliveira/ Correio do Estado

Continue Lendo...

Nesta quinta-feira (11) a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) discute, após cerca de 12 anos, a renovação dos chamados Estatuto e Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Servidores Públicos do Poder Legislativo, medida que deve "enxugar" o quadro e ainda prever concurso na Casa já no próximo semestre. 

Conforme o Legislativo, os projetos 152 e 153 deste no revisam as normativas (4.090 e 4.091) de 28 de setembro de 2011, prevendo equiparação de encargos especiais entre efetivos e comissionados, além da ampliação dos direitos de servidoras gestantes na alteração do Estatuto.

Já, das mudanças no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração indica uma reformulação no quadro pessoal, com extinção imediata de 371 cargos efetivos e outros 54 que serão extintos de forma gradual, com uma redução de 425 cargos. 

Sendo que a proposta visa criar um terceiro quadro para os cargos em extinção, conforme o texto da proposta, os 488 efetivos restantes serão consolidados em apenas dois: 

  • Analista Legislativo (nível superior) e 
  • Técnico Legislativo (nível médio),

Até então, com base na Lei n.º 4.090/2011, os cargos eram divididos nas seguintes escolaridades: superior (303 cargos), médio (343 cargos), elementar (172 cargos) e Apoio Técnico (95 cargos). 

LEIA TAMBÉM: Concurso da Polícia Civil terá 400 vagas em Mato Grosso do Sul

Importante ressaltar que as propostas protocoladas ainda na última terça-feira (09) foram pautadas para a sessão desta quinta (11), já que o trâmite precisa acontecer antes do recesso do Legislativo, que começa já em 17 de julho. 

Como bem esclarece a proposta, o ingresso nos cargos efetivos acontecerá por meio de aprovação e classificação em concurso público, que está confirmado para o segundo semestre. 

Último concurso 

Como bem apontado pela secretaria de Recursos Humanos da Casa de Leis, o último concurso para servidores que aconteceu na Assembleia Legislativa em 2016 e findou as posses em 2019.

A Assembleia Legislativa do Estado empossou os últimos aprovados já dois meses distante do fim do prazo do edital, que ficou válido até maio de 2019, sendo que a solenidade de posse aconteceu em no dia 12 de março daquele ano. 

Nesse concurso de 2016 foram abertas 80 vagas totais, com salários que variavam à época entre R$ 2.793,33 e R$ 4.566,61, prevendo contratos de contadores; cerimonialistas; jornalistas; tradutores de libras; técnico de informática, entre outros. 

 

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).