Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SUSPIRO PRO MERCADO

Campo Grande tem aumento na intenção de consumo familiar pela primeira vez desde o início da pandemia

Após passar 4 meses em queda, os consumidores estão mais seguros em relação à renda familiar.
28/09/2020 11:21 - Brenda Machado


Após 4 meses consecutivos em queda, Campo Grande voltou a registrar aumento na Intenção de Consumo de Famílias (ICF). O índice do mês de setembro ficou em 83,7 pontos, cerca de 1,6 a mais em relação a agosto.

Mesmo ainda estando abaixo da faixa ideal, ou seja, 100 pontos, essa foi a primeira vez desde o início da pandemia do novo Coronavírus que a taxa do ICF registrou um fechamento positivo.

Os dados foram levantados pela Confederação Nacional de Comércio de Bens e Turismo (CNC), a partir de entrevistas com 500 famílias.

 
 

De acordo com a pesquisa, 2020 começou em alta, com 109,9 pontos, mas a partir do mês de maio a taxa chegou na zona negativa e se manteve em queda.

Agora, além dos consumidores se sentirem mais seguros financeiramente, em comparação ao mesmo período do ano passado, a perspectiva profissional também cresceu.

Mesmo com 25,4% dos entrevistados afirmando piora na renda familiar, cerca de 53,5% deles estão otimistas para os próximos seis meses quando o assunto é mercado de trabalho.

O levantamento mostra também que, ainda que o nível de consumo atual não seja tão significativo, segundo as próprias famílias, a tendência é de que, nos próximos meses, a população volte consumir tanto quanto em 2019.

 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!