Esportes

campeonato brasileiro

Atlético-MG vence a 5ª seguida e segue líder isolado

Atlético-MG vence a 5ª seguida e segue líder isolado

Continue lendo...

Além de confirmar o bom momento e se manter líder isolado do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG quebrou longo tabu ao vencer o Internacional pela primeira vez desde que a competição passou a ser disputada por pontos corridos, em 2003. Com um jogador a mais desde o final do primeiro tempo, por causa da expulsão de D'Alessandro, o time mineiro derrotou os gaúchos, por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Independência, e alcançou o quinto triunfo seguido.

A vitória começou a ser construída ainda no primeiro tempo com Guilherme, que entrou na vaga do substituto Jô. Antes o Inter ficou sem D’Alessandro. O meia argentino recebeu o cartão amarelo e, depois de reclamar bastante, acabou expulso pelo árbitro Marcelo Aparecido de Souza.

“Eu não falei nada. Disse que peitei ele, é mentira. Ele já saiu querendo me expulsar. Antes do jogo já tinha intenção de me expulsar”, disse D’Alessandro, que voltava de suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

No segundo tempo, o Atlético ampliou com Leonardo Silva. O Internacional diminuiu com o jovem Fred e ganhou confiança na partida. Porém, o time mineiro administrou o resultado e selou a vitória com gol de Escudero nos acréscimos do árbitro.

Com a vitória, o Atlético foi 25 pontos e permaneceu na liderança depois de dez rodadas. O time mineiro havia vencido Náutico, Grêmio, Portuguesa e Figueirense e completou o quinto triunfo seguido. O Internacional, que vinha de empate sem gols com o Santos em casa, caiu para o 8° lugar com 16 pontos.

O resultado encerrou um histórico de quase dez anos sem vencer o Internacional. A última vitória havia ocorrido em 30 de outubro de 2002, por 3 a 2, no mesmo Independência. Foi o primeiro triunfo do Atlético na era pontos corridos. Em 16 jogos anteriores, foram dez derrotas e seis empates.

O Atlético dominou a partida no primeiro tempo e manteve mais posse de bola. Apesar de errar alguns passes, o time mineiro chegou mais ao gol do Inter, que não conseguiu finalizar na primeira etapa e ficou com um jogador a menos aos 37min, quando D’Alessandro foi expulso.

Depois de levar perigo aos 35min, ao arriscar de fora da área e a bola passar à esquerda do gol, Guilherme abriu o placar aos 46min. O atacante recebeu passe de Ronaldinho, dominou e bateu colocado. A bola bateu na trave e nas costas do goleiro Muriel antes de entrar.

Com um jogador a mais, o Atlético manteve o controle da partida no segundo tempo e ampliou aos 15min com Leonardo Silva. O zagueiro recebeu de Danilinho e bateu forte sem chance para Muriel. O Inter descontou quatro minutos depois com Fred, que havia entrado, e escorou de cabeça cruzamento da esquerda.

O Inter cresceu na partida e passou a buscar mais o gol. O Atlético, sem se apavorar, conseguiu se segurar na defesa e ainda ampliou aos 46min com Escudero, depois de grande jogada de Bernard.

RECUPERAÇÃO

Na estreia do novo técnico, Costa Rica conquista sua primeira vitória na Série D

Contra o Pouso Alegre (MG), a equipe sul-mato-grossense finalmente desencantou e se recupera no grupo 7 do campeonato nacional

20/05/2024 12h00

Elenco do Costa Rica comemorando o gol marcado neste domingo (19)

Elenco do Costa Rica comemorando o gol marcado neste domingo (19) Foto: Reprodução / YouTube

Continue Lendo...

O Costa Rica venceu o Pouso Alegre (MG) pelo placar de 1x0, neste domingo (19), no Estádio Laertão, pela 4ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Felipe Micael, centro-avante da equipe sul-mato-grossense, aos 2min do 2° tempo.

Após três jogos sem vitória e nenhum gol marcado na quarta divisão, o Costa Rica desencantou e conquistou a primeira vitória na competição. Autor do gol, Felipe Micael faz parte do pacote de reforços da equipe para a disputa da Série D.

Com o resultado positivo, a equipe agora soma 4 pontos em quatro jogos disputados, ocupando a quinta colocação do grupo 7, atrás da Inter de Limeira-SP (10 pts), Maringá-PR (9 pts), Água Santa-SP (7 pts) e Pouso Alegre (6 pts). Apenas os quatro primeiros de cada grupo se classificam para a próxima fase.

A partida também marcou a estreia de Alan George no comando técnico da equipe. Ele foi anunciado no último dia 14, horas depois da divulgação da demissão do antigo treinador Gian Rodrigues, após acumular resultados negativos no estadual e início complicado na Série D.

O Costa Rica retorna à campo no próximo sábado (25), para enfrentar o Patrocinense (MG), última colocada do grupo, no Estádio Pedro Alves do Nascimento, às 16h (horário local). 

ASSINE O CORREIO DO ESTADO

CONVOCAÇÃO

De origem Terena, campo-grandense Ederson chega à seleção brasileira

No Brasil, o volante teve passagens por Cruzeiro, Corinthians e Fortaleza; agora na Atalanta (Itália), joga a final da Europa League nesta quarta-feira (22), contra o Bayer Leverkusen, às 15h

20/05/2024 10h15

Campo-grandense Éderson em ação pelas cores da Atalanta (Itália)

Campo-grandense Éderson em ação pelas cores da Atalanta (Itália) Foto: Reprodução

Continue Lendo...

Natural de Campo Grande e de origem Terena, o volante Éderson foi convocado para a seleção brasileira para a disputa da Copa América, em junho.

Éderson e sua mãe em um casamento - Foto: ReproduçãoÉderson e sua mãe em um casamento - Foto: Reprodução

Sua avó e mãe são de origem indígena, inclusive com vários familiares morando na Aldeia Bananal, em Aquidauana. Inclusive, o jogador tem uma tatuagem em homenagem à sua ascendência terena.

No braço direito ele traz tatuada a data de nascimento da avó materna, apontada por ele como uma de suas inspirações e que inclusive fala a língua dos terenas.

Hoje na Atalanta (Itália), Éderson soma 7 gols e uma assistência em 51 jogos na temporada. No campeonato italiano, sua equipe ficou em quinto lugar, conquistando uma vaga na Champions League 24/25.

Nesta quarta-feira (22), a Atalanta enfrenta o Bayer Leverkusen (Alemanha), pela final da Europa League, a segunda competição europeia mais importante da temporada. O jogo será em Dublin, na Irlanda, às 15h (horário de MS).

Inicialmente, a lista de convocados para o torneio continental tinha 23 jogadores, mas com a aprovação da Conmebol para chamar mais três. Então, Dorival Júnior, treinador do Brasil, incluiu o volante campo-grandense como uma das opções para o meio-campo.

"Todos os atletas, independente do momento das convocações, chegam em igualdade de condições para disputar e brigar por uma posição dentro da equipe titular", afirmou Dorival Júnior.

Éderson nunca havia sido convocado para a seleção brasileira profissional, mas já atuou em uma partida do sub-20, quando entrou em um amistoso contra o Chile, em outubro de 2018.

A Copa América deste ano será nos Estados Unidos, do dia 20 de junho a 14 de julho. O Brasil está no grupo D, composto por Colômbia, Paraguai e Costa Rica. A seleção brasileira é uma das favoritas ao título continental.

Trajetória

Aos 13 anos, Éderson começou a ser construído como jogador na escolinha de futebol do bairro Tiradentes, na região leste de Campo Grande. Pouco tempo depois, foi levado para o clube Desportivo Brasil (SP), para então seguir a sua carreira profissional.

Em julho de 2019, o Cruzeiro (MG) se interessou pelo jogador e pagou cerca de R$ 1,6 milhão pelo futebol do volante. Em apenas sete meses no clube mineiro, Éderson se transferiu para o Corinthians (SP) a custo zero. 

No clube alvinegro, atuou em 25 jogos e marcou 3 gols, fazendo parte do elenco vice-campeão do Campeonato Paulista em 2020. Em março de 2021, foi emprestado ao Fortaleza (CE), sendo um dos destaques do Campeonato Brasileiro naquele ano.

Em janeiro do ano seguinte, por necessidade financeira, o Corinthians deu fim ao empréstimo e acertou a venda do atleta ao Salernitana (Itália) por 6,5 milhões de euros. 

No clube italiano, se destacou rapidamente e em menos de seis meses no clube, despertou o interesse da Atalanta, também da Itália, que pagou cerca de 22,9 milhões de euros pelo jogador. Até então, ainda veste as cores da equipe azul e preta.

Segundo o jornal espanhol Mundo Deportivo, clubes gigantes como Barcelona (Espanha), Liverpool (Inglaterra), Manchester United (Inglaterra) e Milan (Itália) apresentaram interesse em contar com o futebol do volante campo-grandense para a próxima temporada. 

De acordo com o Transfermarkt, site especializado em mercado de transferências, Éderson vale 30 milhões de euros (aproximadamente 167 milhões de reais na cotação atual). Mas, provavelmente, a Atalanta deve fazer jogo duro para liberar o atleta.

ASSINE O CORREIO DO ESTADO
 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).